Terceirizados da Polícia Civil entram em greve amanhã por causa de atrasos da JM

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

20150819182716dg

A empresa JM Serviços deixou de pagar os salários de funcionários que trabalham para a Polícia Civil nos últimos três meses. Por conta disso, eles decidiram cruzar os braços nesta quinta-feira, 20, e farão um apitaço pela manhâ em frente à Delegacia Geral de Polícia, na avenida Pedro Teixeira, em frente ao Sambódromo.

Um funcionário terceirizado ouvido agora há pouco pelo blog disse que a situação “se tornou insustentável”, porque a empresa simplesmente parou de se justificar. Até o início do mês, a informação era de que os repasses do Executivo estavam atrasados.

“Nossa contas estão vencidas, tem gente com a luz cortada, sem água, etc. Não deu mais para segurar. O jeito que encontramos para protestar foi este”, disse o funcionário.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta