Preso depois de estuprar a filha da própria namorada

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação da 78ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Codajás, sob o comando da delegada Alessandra de Souza Braga, com o apoio de policiais militares e guardas municipais que atuam naquele município, distante 240 quilômetros em linha reta da capital, prendeu, em flagrante, na tarde de segunda-feira (19/3), por volta das 15h30, um jovem de 22 anos, por estupro de vulnerável. A vítima, uma adolescente de 12 anos, é filha da namorada dele.

De acordo com a autoridade policial, o infrator foi preso na casa onde morava, na rua Plínio Coelho, bairro Laguinho, em Codajás. O rapaz foi conduzido à 78ª DIP, onde, em depoimento, confessou ter cometido o estupro. Alessandra Braga ressaltou que as investigações em torno do caso começaram após a mãe da vítima, uma mulher de 28 anos, formalizar a ocorrência na manhã de domingo (18/3), por volta das 8h. Na ocasião, relatou que o estupro aconteceu na madrugada daquele mesmo dia, por volta de 1h, na casa onde a família dela mora, no bairro Bela Vista, em Codajás.

“O jovem conhecia o imóvel, por ser namorado da mãe da adolescente. No dia do crime ele foi até o quarto da vítima e começou a acariciar as partes íntimas dela. Logo em seguida consumou o estupro. Durante o ato libidinoso, ele ordenou que a vítima não comentasse com os familiares sobre o que havia acontecido, e, ainda, ameaçou de morte ela e a família dela caso fosse denunciado. Ao chegar no cômodo e encontrar a filha chorando, a mãe da vítima gritou por ajuda e o jovem acabou empreendendo fuga”, relatou a delegada.

Na delegacia, o infrator foi atuado em flagrante por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele será levado à carceragem da 78ª DIP, onde irá permanecer à disposição da Justiça.  

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta