PM tenta abafar, mas vaza nome do oficial que tem a cautela da arma usada em assalto

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

arma do tenente

O comando da Polícia Militar montou uma “operação abafa” para tentar evitar que a população soubesse quem é o oficial responsável pela arma usada por um trio de assaltantes durante ação no motel Meu Lazer, ontem, no bairro São Francisco. Mas não adiantou. Uma fonte do blog informou que a pistola estava acautelada para o tenente Diego Oliveira. Os praças que prenderam os assaltantes ficaram revoltados porque foram impedidos de falar sobre o assunto, sob pena de serem punidos pela corporação.

Oliveira é lotado na 3ª Cicom. Assim que souberam da detenção e da presença da arma, alguns oficiais tentaram impedir a apresentação do trio na Delegacia e o comando entrou no caso, proibindo a divulgação de qualquer informação.

O oficial é cunhado do coronel Roosevelt Encarnação, que comandou o Ronda nos Bairros até o início do ano e foi reformado pelo governador José Melo, depois de atuar como um de seus principais cabos eleitoral na campanha do ano passado.

Veja as fotos de dois dos detidos, cujos nomes ainda não foram divulgados pela Polícia:

meliante 1meliante 2

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta