“Marcha das Sombrinhas” avisa que a greve continua

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas realizou um ato público na praça da Polícia na manhã de hoje, precedido de uma caminhada passando pelo Instituto de Educação do Amazonas e terminando na Praça do Congresso. “O governo ilude pais e estudantes ao dizer que terá aula normal nas escolas hoje. A greve continua”, disse Cleber Ferreira, membro do comando de greve.

Debaixo de chuva, mais uma vez, eles batizaram o evento  como a segunda Marcha das Sombrinhas. Hoje, a greve da educação completa 36 dias corridos. Para efeito de reposição, contarão apenas os dias letivos.

Há uma semana, o governador Wilson Lima (PSC) rompeu a mesa de negociação e enviou uma mensagem à Assembleia Legislativa do Estado com 4,73% de reajuste salarial e aumento de R$ 30 para R$ 60 no auxílio-localidade.

“Pedimos apoio da assembleia legislativa para intermediar a retomada da negociação com o governo. À revelia da categoria, o governador desfez toda a negociação anterior. Precisamos avançar”, afirma a presidente do Sinteam, Ana Cristina Rodrigues.

Amanhã, haverá reuniões zonais às 8h da manhã e, na terça, a categoria vai para a ALE/AM, onde será votada a mensagem governamental.

LEAVE A REPLY