Governo vai atender recomendações do MPF e abre mão do “amor”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Mesmo tendo absoluta certeza de que não se trata de promoção de cunho pessoal, o governador Amazonino Mendes (PDT) anunciou, por meio do secretário de Comunicação, Célio Junior, que vai atender a recomendação das expressões “amor à causa pública” e “arrumar a casa” em sua propaganda, “dentro do princípio do bom relacionamento com os poderes, como sempre manteve”.

O secretário afirma que, em nenhum momento, os dois termos foram utilizados para promoção pessoal do governador Amazonino Mendes. “Pelo contrário, representam a linha de trabalho do novo governo que pauta o serviço público e o respeito aos amazonenses”, disse ele.

“O atual governo não deixará de fazer o que precisa ser feito para arrumar a casa e não vai abrir mão do amor à causa pública, que é o que move o governador a trabalhar no seu quarto mandato”, completou.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta