Gouvêa balança no comando da PM, mas mão forte do governo impede que ele caia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

gouveaO atual comandante da Polícia Militar do Amazonas, coronel Gilberto Gouvêa, é um dos quadros mais preparados da corporação, mas tem balançado no cargo por conta de suas desavenças com o secretário de Segurança, delegado Sérgio Fontes. Desgastado até com o governador José Melo, ele só não caiu ainda porque uma pessoas com enorme influência no governo banca sua permanência.

Nos próximos dias esse seguro de Gouvêa será posto a prova. É quando os praças vão voltar a cobrar as promoções e demais vantagens prometidas a eles na campanha do ano passado. Se não conseguir frear a paralisação anunciada, o comandante vai ser apeado do posto e não haverá mão forte que o segure.

Ontem Gouvêa aprontou mais uma. Ele simplesmente faltou a uma reunião convocada pelo secretário de Segurança com todos os órgãos de Segurança Pública do Amazonas, que serviu para definir as ações que estão sendo adotadas nas áreas com maior incidência de homicídios em Manaus. O reforço de policiamento ostensivo foi um dos principais pontos e justamente o que se refere à atividade maior da Polícia Militar.

O subcomandante Antônio Escóssio representou a PM no evento.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta