David decide se filiar ao PSB e terá Podemos de Alvaro Dias e PSL de Bolsonaro em seu palanque

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado David Almeida, decidiu filiar-se ao Partido Socialista Brasileiro, legenda de esquerda apenas no nome, mas formada basicamente por políticos de centro, bem diferentes de seu fundador, o ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes – uma das lendas da esquerda brasileira. Na construção da candidatura a governador, o parlamentar, que é adventista, deverá ter em seu palanque o Podemos, do presidenciável centrista Alvaro Dias (senador pelo Paraná), e o PSL, do presidenciável de ultra-direita Jair Bolsonaro (deputado federal do Rio de Janeiro).

Definida a filiação partidária, Almeida tem agora o desafio de ampliar seu arco de alianças. Ao blog, ele disse que pretende conversar com todas as correntes políticas não alinhadas ao governador Amazonino Mendes (PDT), incluindo o prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), e a deputada Rebecca Garcia (PP), sua aliada nas eleições suplementares do ano passado.

O principal problema de Almeida, por enquanto, é o tempo de televisão. Ele já tem garantidos em seu palanque três partidos – PSB, PSL e Podemos. Estes dois últimos são comandados no Estado pelos deputados Platiny Soares e Abdala Fraxe, seus aliados na Assembleia Legislativa.

“Quero formar um arco mais amplo possível, mas minha principal aliança é com o povo do Amazonas. Já disse e repito: serei candidato a governador mesmo que tenha apenas o PSB a meu lado”, garante o deputado.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta