A DEMAGOGIA DOS POLÍTICOS COM ANANISMO MORAL.

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print
02

Demagogia é uma palavra que vem do Grego, formada pela junção do radical demoque significa “povo”, e gogia,  que tem como significado conduzir. Assim, originalmente demagogia pode ser compreendida como a arte ou poder de conduzir o povo.

A forma de atuação de políticos ao longo da história nos mostra que a palavra demagogia foi perdendo o seu sentido original e hoje é sinônimo de enganar o povo.

Na Grécia Antiga, a demagogia era algo valorizado, debatido e estudado, estava ligada a democracia e a importante figuras históricas que a defendiam, como o orador e político Demóstenes e o jurista e legislador Sólon. Porém, a partir da morte do famoso político grego Péricles em 429 a.C, a demagogia passou a ser uma prática para enganar o povo, um conjunto de técnicas utilizadas por aqueles que buscam o poder pelo poder, para se locupletar dele em desvios de recursos, aluguéis de veículos e mensalinhos já filmados, principalmente em cidades do interior, como vem demonstrando o programa Fantástico, no quadro, “onde estava o dinheiro que estava aqui”, quase sempre mostrando cidades pobres com Prefeitos e Vereadores corruptos, capazes de formar quadrilhas que depenam a população em reuniões na casa do executivo municipal e, depois, em sessões públicas na Câmara, encenam um populismo barato, de terceira categoria, que ainda consegue iludir os menos providos de capacidade cognitiva, que acreditam em tudo, pela inocência da sua boa fé.

IMG_5553

Na antiguidade, filósofo grego Aristóteles, em seu livro A Política, analisa a situação do poder na Grécia depois da morte de Péricles e chega a clássica conclusão na história do pensamento político de que a demagogia é uma corrupção da democracia, forma de governo que teria como valor principal a liberdade, assim como a tirania é uma corrupção da monarquia e a oligarquia é uma corrupção da aristocracia.

Políticos fazem promessas, agem de forma simpática, demonstram gostar do povo, fazem discursos emocionais e veementes, mas não agem realmente em prol do povo, de acordo com o que prometeram e com o tipo de pessoa que aparentaram ser. Esse tipo de cultura política é o que chamamos hoje de demagogia.

Os demagogos, aqueles que adotam a demagogia como prática na vida política, usam técnicas de oratória, de psicologia, de marketing e propaganda para vender ideias de honestidade, sinceridade, comprometimento, determinação, renovação e etc. Entretanto, sua falsidade se revela depois das eleições, no dia a dia, quando, na prática, o povo é esquecido, e só interesses particulare$$$$, são levados em conta, as promessas não são cumpridas e a situação de quem mais precisa permanece sempre do mesmo jeito que está.

É, no mínimo curioso, hoje ver certos político, que há bem pouco tempo atrás, de maneira comprovada, faziam parte da matilha que saqueava os cofres públicos, deixando trabalhadores sem salários, perguntarem quando essa ou aquela categoria terá seus vencimentos, atrasados há meses, colocados em dia; é também ridículo, ver políticos que nos bastidores participam de licitações fraudulentas e propineiras, em suas atividades empresariais, subirem ao parlamento para falarem dos “erros” (?) de outra administração; noutro giro, é cômico, ver debates estéreis sobre proposituras legislativas absolutamente inconstitucionais e ilegítimas, serem encenadas como se fossem matérias de (verdadeiro) interesse público em algumas casas legislativas; tais atitudes e comportamentos precisam do holofote solar da transparência e da imprensa, que com sua luz e o calor que dele emana, poderá fazer derreter a maquiagem de segunda linha, sobre a qual esses atores circenses representam para a população .

IMG_5552

Frase da semana de um político bem demagogo :

       “…. Ele não veio se aproximar, o outro chegou e acertou….”

       (Bastidores de um impeachment )

       Nota: Frase dita no gabinete, pois no plenário, para a população, ele como bom demagogo, se mostra uma espécie de “Demóstenes Torres do interior baré”, outro demagogo já desmascarado.

                   Sorte do povo desta terra ter um MP tão eficiente.

Ricardo Gomes de Oliveira, um dos mais aguerridos advogados de Manaus, famoso por já ter interrompido licitações fraudulentas e por comprar a briga de categorias profissionais discriminadas pelo status quo.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta