Vamos dar a Bolsonaro o que é de Bolsonaro

Essa semana resolvi destacar na minha coluna de forma resumida, as principais ações do governo federal nesses três anos de gestão. Todos sabem da minha proximidade, respeito, admiração e amizade que nutro pelo presidente Bolsonaro. Entretanto, costumo dizer que contra fatos não há argumentos. Entre tantas realizações e avanços, vou dar ênfase a dez grandes fatos que passo a compartilhar com todos que me honram com a leitura. Observem abaixo:

Principais ações do governo federal:

1 – Auxilio Emergencial que garantiu a todos os brasileiros menos favorecidos enfrentar a pandemia sem passar necessidades. Todos tiveram recursos para garantir o sustento da família com dignidade; esse recurso chegou a 40 milhões de brasileiros;

2 – O governo federal criou o PRONAMPE que é um programa de auxílio às pequenas e microempresas, foram 517 mil empresas beneficiadas no Brasil. Este programa de acesso rápido e simplificado ao crédito evitou que os micro e pequenos empreendedores fechassem as suas portas e gerassem centenas de milhares de desempregados. O PRONAMPE preservou 10 milhões de empregos;

3 – Apenas durante a pandemia foram criados 23 mil novos leitos de UTI no Brasil inteiro, inclusive no Amazonas que não havia nenhum leito no interior do estado. Este fato nos envergonha e demonstra o descaso como a nossa saúde foi tratada pelos nossos governantes ao longo de toda sua história;

4 – O governo federal do presidente Bolsonaro garantiu vacina para todos os brasileiros. Hoje o Brasil está, inclusive, em fase final para produção da sua própria vacina. Todos os brasileiros hoje tem possibilidade de estar imunizados graças a um esforço sem precedentes da união, a máxima que “ninguém fica para trás” nunca foi tão adequada para traduzir uma ação;

5- O governo federal já entregou em três anos mais de 1 milhão de moradias populares através dos seus programas habitacionais, isso leva dignidade para as pessoas que podem ter um lar para chamar de seu;

6- O governo federal está levando água para o Nordeste brasileiro. Finalmente a transposição do Rio São Francisco está se tornando uma realidade, sem pirotecnias políticas, mas com ações concretas. A água está chegando aos nossos irmãos nordestinos, levando esperança e perspectivas de prosperidade para uma região que sempre foi escravizada e esquecida pelos governos anteriores;

7- Foi criado o AUXÍLIO BRASIL, que é o maior programa de inclusão social da história. Ele substitui o BOLSA FAMÍLIA, triplicando o valor a ser pago para os brasileiros menos favorecidos. O governo do Presidente Bolsonaro está levando dignidade e oportunidades para todos os brasileiros;

8- Com a sanção do novo Marco Legal do Saneamento, que completou um ano em julho, a expectativa é universalizar os serviços de saneamento básico até 2033. Assim, 99% da população brasileira terá acesso à água potável e 90%, ao tratamento e a coleta de esgoto. Desde o início do atual governo foram entregues mais de 450 obras de saneamento em todo o país, um número sem precedentes na história do Brasil;

9- Na área de infraestrutura, o governo realizou a transferência de 74 ativos à iniciativa privada, entre concessões, renovações, arrendamentos, investimento cruzado e cessões onerosas. Os investimentos contratados somam R$ 73,095 bilhões. Ao longo dos contratos, a previsão é que essas ações resultem na geração de 1 milhão de empregos diretos e indiretos. O ministro Tarcísio Gomes de Freitas tem asfaltado o país inteiro, recuperando nossas rodovias e criando novos modais de transporte para escoamento da nossa produção;

10- 2021 marcou o ano da retomada do emprego no Brasil. Apenas o emprego formal teve um saldo positivo de mais de 4 milhões de novas vagas, esse número representa que estamos recolocando o Brasil como um país de novas oportunidades;

A Agricultura merece uma coluna a parte. O Agro além de pop é TOP, e colocou o Brasil como maior produtor de alimentos do planeta, mas, falaremos sobre isso em outra oportunidade.

22 é o ano das nossas melhores escolhas.

Selva!

Qual Sua Opinião? Comente: