Um colosso científico no meio da floresta

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

20150824153917torre_atto

Inaugurada no último sábado, a Torre ATTO (sigla em inglês para Torre Alta de Observação da Amazônia), localizada na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uatumã, no município de São Sebastião do Uatumã (a 247 quilômetros de Manaus), tem 325 metros de altura e é a maior plataforma do mundo para monitoramento ambiental de mudanças climáticas na região amazônica, sendo um importante instrumento para a ciência atmosférica.

O ministro de Ciência e Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo e o ministro Conselheiro da Embaixada da Alemanha no Brasil, Claudius Fischbach, estiveram na inauguração.

Pesquisadores da UEA e do Inpa, particularmente do Mestrado e Doutorado em Clima e Ambiente, serão os principais beneficiados pelo novo instrumento de monitoramento, que é maior que a torre Eiffel de Paris, que tem 315 metros.

Presa por cabos instalados em área a 156 km de Manaus, a Torre ATTO contará com instrumentos para medir a concentração de gás carbônico, metano, óxido nitroso, ozônio e outros gases. O projeto está estimado em R$ 20 milhões.

Na torre serão obtidos dados sobre diversas variáveis meteorológicas, entre elas, temperatura, umidade, vento, chuva, tudo isso de uma forma inédita no mundo inteiro. Além disso, serão coletadas informações sobre gases e também sondagem de dados da atmosfera de até 12 quilômetros. Os primeiros resultados poderão ser obtidos a partir de seis meses.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta