Sergio Fontes mostra como se faz segurança de verdade, depois da farsa do Ronda nos Bairros

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

drogas

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas  desarticulou na última quarta-feira (2) uma quadrilha comandada pelo narcotraficante colombiano Braulio Carlos Sanchez Rendon e aprendeu cerca de 850 quilos de cocaína e maconha, a maior quantidade já registrada pelas forças estaduais de segurança. Já são mais de 6 toneladas de droga apreendidas em 2015, o triplo do ano passado. Isso é Polícia de verdade e não a farsa que permeou os últimos quatro anos, ancorada no programa Ronda nos Bairros.

Se houve um acerto na montagem do secretariado do governador José Melo, este foi a indicação do delegado federal Sérgio Fontes para comandar a Secretaria de Segurança. Ele imprimiu o ritmo correto às Polícias e retomou técnicas eficientes, que seu colega de Polícia Federal Francisco Sá Cavalcante já havia usado no governo Eduardo Braga, quando foi secretário de Segurança.

Por conta das grandes apreensões de droga, as polícias já estão realizando ações preventivas para garantir a segurança da população e evitar outros crimes, como roubo. O ataque ao tráfico já tinha sido considerado por este blog como a principal ação para se combater a criminalidade em Manaus.

Fontes vem provando que o Estado perdeu quatro anos na área de segurança pública, com o tal Ronda nos Bairros, que focou apenas o ladrão de galinha e deixou soltos os grandes tubarões do crime.

Vale ressaltar que a Família do Norte, maior facção criminosa do Estado, viveu seu apogeu nestes mesmos quatro anos.

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem 2 comentários

  1. Santos

    Fato que se não houvesse investimentos anteriores a estas ações, nada disso estaria ocorrendo…
    É a lei da semeadura, colhendo o que foi plantado, esse é o resultado.

  2. Ronaldo

    Parabéns ao competente secretario de segurança Sergio Fontes! E lamentável ver o governo do estado não tomar atitudes corretas quanto ao combate da criminalidade. Cadê o novo concurso público da polícia civil do AM governador José Melo? O quadro pessoal dessa instituição está trabalhando no “limite”, está muito defasado, principalmente os cargos de investigador e escrivão de polícia! Concurso Já!

Deixe uma resposta