Rodoviários param metade da frota e Sinetram reage: “pagamos os salários”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou agora há pouco que não foi notificado sobre as paralisações dos rodoviários ocorridas hoje, iniciadas às 07:30. Ao todo, foram afetadas 94 linhas. Metade da frota parou, embora os empresários digam que até o momento 60% da frota está operando.

O Sinetram esclarece que pagamento do salário dos rodoviários foi realizado integralmente e adiantado na última quarta-feira (03/02), mesmo o prazo sendo até o quinto dia útil do mês corrente.

Os empresários também destacam que estão permanentemente à disposição para o diálogo com o Sindicato dos Rodoviários, estando em curso, inclusive  um procedimento de mediação no Ministério Público do Trabalho, para que os serviços de transporte coletivo sejam mantidos e que não haja demissões neste difícil momento para a população.

Reunião

O prefeito David Almeida está acompanhando a reunião que acontece neste momento entre o Ministério Público do Trabalho (MPT), o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivo Urbano Rodoviário de Manaus (STTRM) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram).

“Vale ressaltar que a prefeitura repassou subsídios aos empresários, para que os benefícios como vale-alimentação e ticket refeição fossem repassados aos trabalhadores rodoviários. A prefeitura está cumprindo seu dever e aguarda agora o desfecho dessa paralisação”, diz nota distribuída por ele.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta