Resultado em Manaus surpreende e coloca David em empate com Amazonino ao final do primeiro turno

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Todas as pesquisas erraram, inclusive as de boca de urna. Amazonino Mendes (Podemos), franco favorito desde o início da campanha, chegou ao final do primeiro turno com 23,91%, apuradas 99,73% das urnas, apenas 1,55% a frente de David Almeida (Avante), que obteve 22,36% dos votos e vai para o segundo com um inesperado empate com o adversário.

As reações dos dois mostram bem como receberam o resultado. Amazonino fez um pronunciamento ao vivo nas redes sociais, visivelmente abatido, em que procurou mostrar motivação e agradeceu aos eleitores. No seu comitê o clima não era de vitória. Já David reuniu centenas de apoiadores em seu escritório no Morro da Liberdade, bairro onde se criou, em clima de empolgação total e garantindo que amanhã cedo estará nas ruas.

Outro bom desempenho na reta final foi o do Coronel Menezes (Patriota), o quinto colocado com 11,32% dos votos. Ele ficou atrás de Zé Ricardo (PT), o terceiro, com 14,29%, praticamente repetindo a votação que teve para deputado federal em Manaus, e de Ricardo Nicolau (PSD), que obteve 12,08%.

Decepcionante foi o desempenho do Capitão Alberto Neto (Republicanos), que teve 7,82% dos votos e ficou longe de repetir seu desempenho como deputado federal. Saiu menor do que entrou, assim como Alfredo Nascimento (PL), que teve 3,23% dos votos, apesar do apoio do atual prefeito, Arthur Virgílio Neto (PSDB). Ele ficou apenas 0,25% a frente do novato Romero Reis (Novo), que ficou com 2,98%.

Sem tempo de TV e fundo eleitoral, Chico Preto (DC) alcançou apenas 1,65% dos votos e só ficou à frente de Marcelo Amil (PC do B), que teve 0,29%, e do lanterna Gilberto Vasconcelos (PSTU), que 0,08% dos votos.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta