Preso por tentativa de feminicídio, advogado tentou fugir e ameaçou até delegada da Mulher

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O advogado Marcelo Oliveira Gonçalves, 40, foi preso hoje pela manhã no conjunto Petros, bairro Coroado, zona Leste de Manaus, por tentativa de feminicídio. Ele estava na casa da mãe e pulou o muro quando a Polícia chegou. Alcançado pelos policiais e algemado na casa de um vizinho, reagiu enfurecido e ameaçou a delegada titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra à Mulher (DECCM), Débora Mafra, que registrou queixa contra ele. Foi preciso mobilizar um grande efetivo, dada a violência do rapaz.

Marcelo é suspeito de cometer o crime contra a sua ex-namorada, Teresa Victória Pinheiro, 22. A jovem fez o boletim de ocorrência no dia 21de março, onde contou à polícia que havia sido agredida pelo ex-namorado. Ele compareceu à DECCM, distribuiu ameaças aos veículos de comunicação que haviam publicado o assunto e acusou a vítima de simular a agressão, se auto mutilando. Também alegou, sem nenhuma prova, que foi ele o agredido.

No dia 20 de março, o advogado ligou para Teresa, informando que um carro a estava seguido e que se ela saísse da rota algo de ruim poderia acontecer. Determinou então que ela fosse a um local específico. Ao chegar lá, Teresa foi agredida e estrangulada.

A DECCM continua a operação nas ruas da capital. Uma coletiva de imprensa, ainda nesta quinta-feira (8), será feita para dar mais informações sobre o caso, na Delegacia Geral, na zona oeste de Manaus.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta