Os falsos arrependidos

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Por Eron Bezerra*

Bolsonaro e seu encarregado das finanças, o banqueiro Paulo Guedes, não enganaram ninguém, sejamos justos.

Eles disseram, ao longo da campanha, que eram contra a política de subsídios e apoios a projetos regionais, como a Zona Franca de Manaus (ZFM). Assim, quando atacam a ZFM, estão apenas executando o que anunciaram.

É compreensível que o povo, na sua busca desesperada por alternativa, tenha votado em Bolsonaro sem avaliar adequadamente o grave risco que isso representava para o país, para projetos que buscam diminuir as assimetrias regionais e mesmo para os seus próprios direitos.

Mas os políticos de direita que votaram e fizeram campanha pra ele – no Amazonas praticamente toda a bancada federal e a maioria dos estaduais – não poderão jamais argumentar que não sabiam o que eles iriam fazer contra o país e os trabalhadores.

Votaram e fizeram campanha porque concordam com essas barbaridades.

O problema agora, para eles, é que a popularidade de Bolsonaro desaba e eles precisam fingir que estão “rompendo” para continuarem enganando o povo.

*O autor é professor universitário

Qual Sua Opinião? Comente: