Minha esposa, meu tesouro!

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

O sábio Salomão é que diz: Quem acha uma esposa, acha um tesouro. Eu achei o meu tesouro há 17 anos, tesouro que se chama Marineide Lima Melo, chamada carinhosamente de Neide. Mãe, avó, pastora, sábia conselheira, palestrante e pregadora ungida. Acima de tudo uma companheira leal em todos os momentos.

Tenho vivido nos últimos tempos momentos difíceis em minha saúde. Minha esposa tem sido incansável nos cuidados e no amor incondicional. Tem sacrificado o seu tempo e até sua condição física para estar ao meu lado em cuidados. Sua dedicação é comovente, seu carinho é revigorante, fortalecedor…

Minha esposa é personificação do amor que está na carta de Paulo em I Coríntios 13. Tudo sofre, tudo crê, e tudo espera. Sofre junto comigo, crê no milagre e espera com paciência ao meu lado. Suas palavras são como bálsamo que alivia minhas tensões, são como um cântico que inunda a minha alma.

Costumo dizer que casei um pouco tarde, aos 37 anos. Tenho certeza que Deus estava preparando um ser especial para ser minha companheira. Um ser que teve uma infância e adolescência difícil, mas que traz um sorriso, uma capacidade enorme de sentir o que os outros sentem, uma empatia sem igual. Nossos filhos, netos e membro da igreja onde somos pastores, todos a chamam de “mãe Neide”…

Eu quero declarar o meu amor à minha esposa. Embora eu seja falho em alguns momentos, reconheço nela as virtudes que estão elencadas em Provérbios 31. Agradeço a Deus todos dias pela benção que me foi concedida em tê-la ao meu lado. Creio que fomos unidos pelo Senhor para fazermos um ao outro feliz!

Eu achei o meu tesouro. Te amo, minha estrela da vida inteira, Neide Melo!

Qual Sua Opinião? Comente: