Milton Cunha é atração em roda de conversa sobre figurino e processo criativo do Festival de Parintins nesta sexta-feira em Manaus

Um dos mais incensados nomes da cultura popular no Brasil desembarca em Manaus para uma Roda de Conversa. Trata-se de Milton Cunha, carnavalesco, mestre e pós-doutor com ampla especialização em cultura popular. O evento “Parintins em foco: Figurino e Processo Criativo com Milton Cunha” acontecerá sexta – feira (12/7), a partir das 19h, no Palacete Provincial, localizado na Praça Heliodoro Balbi, Centro de Manaus. A entrada é franca. A iniciativa conta com apoio da Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa (SEC).

Natural do Estado do Pará, Milton Cunha é carnavalesco, comentarista e crítico dos desfiles das escolas de samba do carnaval carioca e paulista. Cunha também foi comentarista do Festival Folclórico de Parintins, entre os anos 2008 a 2012, quando a emissora paulistana Band, transmitiu o evento para todo o Brasil. Sua vinda a Manaus faz parte do encerramento da Exposição da artista e mestra em cultura popular Djane Senna, que assinou entre os anos de 2022 e 2023, os figurinos do item Sinhazinha da Fazenda do Boi Garantido, no Festival de Parintins.

Sobre a participação de Milton Cunha no evento, Djane Senna comentou. “Impossível discutir figurinos, significações e simbologias de indumentárias na cultura popular brasileira, sem ouvir Milton Cunha”, declarou. “Milton é um arcabouço vivo das experiências, aproximações e reconhecimentos do figurino nas manifestações populares brasileiras. Ele conhece do carnaval ao festival de Parintins”, completou, enfatizando que além de ter trabalhado como carnavalesco é pesquisador e professor universitário, sendo Doutor em Letras pela UFRJ, com pós-doutoramento no Museu Nacional sobre a Estrutura Narrativa da Ópera na Floresta.

Exposição

A Roda de Conversa marca o encerramento da exposição “Vestuário da Sinhazinha: expressões e cores em Parintins” da artista e figurinista Djane Senna, que começou no dia 18 de junho e segue até o dia 13 de julho. Ao todo são oito peças construídas para a personagem “Sinhazinha da Fazenda” do maior festival folclórico do mundo. A curadoria é de Paulo Holanda, docente da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Além de Milton Cunha, carnavalesco e especialista em arte e indumentária, que conduzirá a Roda de Conversa, o evento terá a presença de Djane Senna; Rafael Andrade e Kaleb Aguiar, todos com experiências em figurinos de itens no Festival Folclórico de Parintins e conta com mediação de Adan Renê e João Gustavo Kienen.

Milton Cunha conduzirá a exploração do processo criativo, que existe por trás dos figurinos: Apresentador, Sinhazinha da Fazenda, Porta-Estandarte e Cunhã-Poranga. Desde a meticulosa seleção de materiais até a elaboração das cores e a criação de narrativas visuais, onde cada aspecto deverá ser examinado, oferecendo insights valiosos sobre essa forma de expressão artística que é o Festival de Parintins.

De acordo com o curador do evento, Paulo Holanda, a Roda de Conversa é direcionada a estudantes, profissionais e entusiastas das áreas de moda, artes cênicas, design e todos os interessados na cultura brasileira e na arte do figurino.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta