Funasa inicia distribuição de recursos a serviço de Silas Câmara

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Com mais de R$ 49 milhões em recursos previstos para o Amazonas, a Fundação Nacional de Saúde (Funasa) vai iniciar os projetos de saneamento básico em vários municípios amazonenses, em pleno ano eleitoral. o superintendente do órgão no Amazonas, Wenderson de Souza Monteiro, não esconde de nenhum prefeito que o procura ter sido nomeado para o cargo pelo deputado Silas Câmara (PRB) e relaciona qualquer liberação ao apoio à reeleição do parlamentar.

No próximo dia 28 de fevereiro, o órgão realiza a 1ª Reunião Técnica entre técnicos e gestores municipais do Estado. Na prática, é a largada da campanha de reeleição de Silas, um dos principais aliados do presidente Michel Temer (MDB) hoje no Amazonas.

Em 2016, Silas foi o segundo deputado mais votado, com mais de 166 mil votos, devido principalmente ao controle do seguro-defeso, benefício destinado a pescadores no período em que não podem pescar, por causa da reprodução dos peixes. Como o Governo Federal restringiu a distribuição dos recursos por esta via, o parlamentar tratou de arrumar outros “esquemas” para bancar sua sétima eleição.

Para informação da Justiça Eleitoral, o encontro acontece no auditório da superintendência da Funasa no Amazonas, no Bairro da Gloria, zona Oeste de Manaus, com o objetivo de melhorar a qualidade dos projetos apresentados pelos municípios, uma vez que a grande maioria fica parada durante meses, até anos, esperando a complementação de dados e ajustes técnicos, atrasando assim a aplicação dos recursos federais em obras de saneamento básico e saúde ambiental.

De acordo com Monteiro, foram apresentados, em 2017, pelos municípios do Amazonas, 86 propostas no valor total de R$ 56,8 milhões. Desse total, 69 propostas foram habilitadas para convênios que possibilitou um aporte da união o valor de R$ 49,1 milhões.

Ele destaca ainda que entre 2016 e 2017 foram investidos cerca de R$ 63 milhões em obras de saneamento no Estado.

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem um comentário

  1. Thomas A. Edson

    A “cortesia com chapéu alheio”, vem sendo praticada ostensivamente pelos municípios do interior, tanto pela FUNASA, de Silas, quanto pelo INCRA, de Pauderney, ambos aliados e sócios de Omar Aziz, que, literalmente, explora a Eletrobras/Amazonas Energia, pressionando os Prefeitos que devem milhões de reais há muitos anos.

    O Amazonas inteiro sabe, enxerga e fica espantado com a cara de pau dessa trupe que chega de avioes, todo final de semana nos interiores.

    Pior que a desfaçatez dessa quadrilha é a cegueira do TRE e do Ministerio Publico Federal.

Deixe uma resposta