Ex-prefeito de Autazes contesta decisão da Justiça Federal e diz que vai revertê-la

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O ex-prefeito de Autazes, Wanderlan Sampaio, enviou nota ao blog contestando a decisão da Justiça Federal, nos autos do processo de número 1003620-11.2018.04.01.3200, que tramita na 1ª Vara Federal no Amazonas e o condenou por improbidade administrativa. “Trata-se de uma decisão absolutamente equivocada e contrária à prova dos autos e aos preceitos legais concernentes à matéria em litígio. De qualquer modo, tratando-se de decisão de primeira instância, a mesma será objeto da interposição dos recursos cabíveis”, diz ele.

O político afirma que a decisão judicial, que o acusa de não aplicar corretamente recursos da ordem de R$ 600 mil, em convênio com órgão federal, “não transitou em julgado e não produz efeitos jurídicos nesse momento”.

“Tenho a plena confiança na Justiça e a mais firme convicção de que iremos reverter nas instâncias superiores essa injusta decisão.”, acrescenta.

Sampaio foi prefeito  por quatro mandatos, depois de ser vereador, ao longo de 33 anos de vida pública. “Em razão dessa relação de confiança com o povo dos Autazes, levaremos a questão até as instâncias superiores, para que a justiça seja feita, em sua mais absoluta forma”, concluiu.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta