Depois de dois meses em queda, casos de COVID-19 voltam a crescer no Amazonas

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Depois do pico de janeiro e fevereiro e de uma redução considerável a partir de abril, os casos de COVID-19 voltarão a crescer consideravelmente desde domingo (16), especialmente na Região Metropolitana de Manaus, mas ainda não existe a previsão de que a terceira onda tenha chegado nem que a causa seja uma nova cepa.

O blog apurou que a sala vermelha do Hospital 28 de Agosto voltou a lotar e o Delphina Aziz registrou grande movimento de pacientes transferidos de outras unidades, especialmente de Manacapuru e Itacoatiara.

Autoridades ouvidas pelo blog informam que a Fundação de Vigilância em Saúde do Estado deve informar ao Comitê de Enfrentamento à COVID-19 ainda hoje sobre a situação, o que deve adiar os planos de retorno às aulas e novas flexibilizações.

O retrocesso na vacinação pode explicar em parte este repiquete. É que os não imunizados se sentiram mais seguros de retomar atividades externos com a esperança de que a imunização avançasse.

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem um comentário

  1. Rose

    Wilson lama fugir dos holofotes da CPI

Deixe uma resposta