Concretizar

O pior cego sempre fora o que não deseja ver; sendo um caos as consequências de se tolerar um ditador que age unilateralmente e sem limites, já que a Constituição Federal vem sendo rasgada em plena luz do dia…ora determinar que a Polícia Federal invada o Congresso para colocar tornozeleira eletrônica em senador ou deputado é ato que beira a insanidade. Calar-se diante desse ataque covarde será sempre a desmoralização de um Poder, até então totalmente fragilizado por sua exclusiva culpa. Afinal seu presidente é “homem” ou um fantoche… porque não instaura TODOS os pedidos de impeachment existente em suas gavetas contra os vários ministros do STF que envergonham a Nação e o povo brasileiro. Há maioria para isto e se calam porque temem a mídia? Admitir a impunidade para um Ministro que fere e ignora a Carta Magna, com a complacência do STF e da própria OAB, órgão inexistente na gestão passada, é a pura demonstração de menosprezo a todos e flagrante derespeito ao povo brasileiro que hoje nutre um verdadeiro “desprezo” por tão insignificante personagem. Que certos jornais se calem por não terem pudor é até admissível, até porque covardemente batem no Bolsonaro desde sua posse. Os fatos se sucedem e fazem a história do cotidiano onde no futuro  todos saberão “quem fora quem” e quem optara por um silêncio, aliado à omissão. Tinhamos ladrões e agora temos os desprovidos de caráter que unem o dolo ao inconstitucional.

Agora tivemos outra acusação dolosa imputada a Bolsonaro, partindo de um medíocre que no episódio da “tornozeleira” taxa-o da “golpista”, ocultando o fulcro da questão que consiste no ato inconstitucional alusivo ao de determinar a colocação de tornozeleira em alguém “manu militare” e sem direito de defesa. Saibam todos que Bolsonaro fez em três anos o que FHC, LULA o ex-presidiario, Dilma e Temer nada fizeram… e, ainda, circula pelo Brasil todo, sendo recebido pelo povo que lhe dará 75 milhões de votos no primeiro turno. Aguardemos o dia 20 de abril, quando o STF examinará os pedidos do nobre deputado . Acusar o Presidente de “golpista” e de que “só tem a oferecer ao Brasil a luta do bem contra o mal” é vã tentativa de ilaquear a boa-fé dos eleitores, uma vez que o Presidente é cristão, não age ilegalmente, respeita a Carta Magna e governa em benefício do povo e não do seu bolso como fizeram o ex-presidiário e outros. Tanto isto é pura verdade que os números falam mais alto como as sucessivas quedas  do dólar, chegando a R$ 4,66 e o fato de o Ministro Tarcísio estar eleito governador no primeiro turno.

Buda já ensinara: “Cada manhã nós nascemos de novo. O que fazemos hoje é o que mais importa”. Nunca tivemos um Ministro como o Tarcísio; e em março o saldo da balança comercial fora o maior nos últimos 33 anos: US$ 7,4 bilhões. O dolar já caira para R$ 4,66 e a bolsa em alta atingira 121.570 pontos; resultado do trabalho e da credibilidade. Bolsonaro tem muito a oferecer nos próximos 4 anos e o povo reconhecerá.

Qual Sua Opinião? Comente: