Começa em Manaus feirão onde é possível comprar peixe a preços mais acessíveis

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Nesta terça-feira (30/03) teve início mais uma edição do Feirão do Pescado, ação criada pelo Governo do Amazonas, por meio da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS-AM), com o objetivo de oferecer peixes regionais de qualidade e com valor acessível durante a Semana Santa. Logo no primeiro dia de feira, a movimentação do público trouxe otimismo para os comerciantes alocados no Centro de Convivência Social da Família do Parque Dez (CSU), um dos pontos onde ocorre a ação.

Participante da feira há cerca de nove anos, a comerciante Alissandra Cascais afirma que tem nas ações da ADS uma das principais formas de conseguir o sustento da família, por meio da venda de pescado. A “veterana” avalia com bons olhos os frutos que vem colhendo por meio da parceria com o Governo do Estado, o que possibilitou até a ampliação do negócio, que agora conta também com serviço de entrega a domicílio (delivery).

“A gente tem a oportunidade de explorar o nosso peixe, porque com a pandemia tudo ficou escasso, tudo ficou difícil, inclusive ano passado a gente não teve. Ano passado nós ficamos no delivery, então foi muito bom, porque a Sepror e a ADS divulgaram no site, os nossos números, e até hoje eu faço delivery porque as pessoas ligam, então é importante. Essa semana é muito importante, é ter feedback, deles estarem estendendo a mão pra gente também”, avalia a comerciante.

O primeiro dia de movimento também agradou a comerciante Laise Costa, que aproveitou a feira para vender matrinxã e tambaqui sem espinhas. Para ela, o feirão é uma forma de garantir a renda para este mês. “É uma oportunidade muito boa, devido aos problemas que estão acontecendo e tudo o que está ao nosso redor, então está sendo uma oportunidade muito boa em ter reaberto”, comemora a comerciante.

Consumidor

Durante os quatro dias de feirão, o público poderá encontrar o peixe in natura, processado em forma de filé tratado e embalado e, claro, o peixe regional com preços que chegam a no máximo R$34,90, o quilo. Os valores atrativos e a garantia de procedência fizeram com que a aposentada Rai Souza garantisse os pescados para a Semana Santa.

“Tá de parabéns a iniciativa tomada aqui. O bom de tudo é a valorização da nossa terra, não tem atravessador, então se torna um preço bem acessível e como experiência gostei muito; já vou divulgar para as minhas amigas lá do condomínio, pra virem aqui, que é pra gente comprar, sem precisar se distanciar muito de casa; e sabendo que comprei algo de qualidade”, avalia a consumidora.

Feiras

Ao todo, são três postos onde estão sendo realizados o Feirão do Pescado da ADS. A ação acontece nos Centros de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na Rua Gandú, 119, Cidade Nova, e no Magdalena Arce Daou, na Av. Brasil, s/n – Santo Antônio; e também no Centro Social Urbano do Parque Dez (CSU), avenida Perimetral, 22, Parque Dez de Novembro, em Manaus.

Na quarta (31/03) e quinta-feira (1º/04), o evento será realizado das 07h às 19h. Já na sexta-feira (02/04), o funcionamento será das 07h às 13h. Segundo o gerente de balcão de agronegócio da ADS, Mário Moura, o objetivo da ADS com a iniciativa é beneficiar a população como um todo, proporcionando oportunidades de negócios para os comerciantes e produtos de qualidade ao consumidor.

“Esse é o nosso objetivo, trabalhar no escoamento da produção rural e a vida toda a ADS apoiou esses produtores. A gente também participa demais com outras feiras que acontecem no final de semana, e não seria diferente na Semana Santa, com o Feirão do Pescado para o consumidor levar seu peixe pra casa bem fresquinho”, diz.

FOTO: Arthur Castro

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta