Comandante do Exército destaca papel do CMA na primeira visita

Ressaltando a importância e a difícil missão que o Exército Brasileiro (EB) cumpre diariamente nas importantes áreas que compõem o Comando Militar da Amazônia (CMA), o general de Exército Edson Leal Pujol agradeceu pessoalmente aos militares que servem na Amazônia pela dedicação e compromisso diário. Esta é a primeira vez que o atual comandante da Força visita o Estado.

Ele relembrou dos momentos em que, ainda no início da carreira como tenente e em outras ocasiões, esteve no CMA. O agradecimento ocorreu durante a formatura ontem pela manhã, no Campo de Parada Coronel Teixeira, localizado na área interna do quartel, na Zona Oeste de Manaus.

“Vocês têm o privilégio de exercer essa importante tarefa não só para o Exército e a Amazônia, mas também para o país. Tenho um orgulho muito grande de aqui ter servido e de ser Guerreiro de Selva. É um prazer renovado quando volto a Amazônia e volto a Guarnição de Manaus, onde tenho tantas lembranças na vida profissional. Tenho um imenso prazer e satisfação de verificar o crescimento do nosso Comando Militar da Amazônia, não só em termo de efetivo, mas sim no aumento do número de militares do Exército que estão presentes hoje na Amazônia Ocidental, principalmente pelo nosso preparo e pela nossa capacidade de responder ao acionamento da sociedade brasileira, não só na defesa das nossas fronteiras, da nossa soberania, da nossa integridade territorial, mas principalmente para levar a presença do Estado e ajudar a população nos mais longínquos pelotões de fronteira da nossa Amazônia”, discursou o general.

O comandante reforçou a responsabilidade do serviço na Amazônia. “Vocês têm essa responsabilidade, mas devem se orgulhar muito do trabalho que realizam. Parabéns ao Comando Militar da Amazônia e muito obrigado pela oportunidade de retornar a Manaus e tomar conhecimento do nível de prontidão da nossa tropa que a sociedade brasileira acredita. O Exército tem certeza da capacidade de vocês de cumprir as missões”, concluiu.

Pujol foi recebido no CMA pelo comandante local, general de Exército César Augusto Nardi de Souza, na companhia do chefe do Estado Maior, general de Brigada Edson Skora Rosty, do chefe do Centro de Coordenação de Operações do CMA, general de Brigada Algacir Antonio Polsin e do comandante do 2º Grupamento de Engenharia, general de Brigada Marcus Vinícius Fontoura de Melo.

Para o Comandante do CMA, o momento é de gratificação e reconhecimento do trabalho diário dos militares que atuam diariamente na região Amazônica. “Os militares que hoje estão presentes nessa formatura representam os quase 20 mil homens distribuídos em nossa área de responsabilidade. São quase 2.200 milhões de metros quadrados de área e 9.700 mil quilômetros da faixa de fronteira de nossa responsabilidade, em que esses homens e mulheres que são soldados da Amazônia são os responsáveis pelo cumprimento da missão constitucional do Exército. Cumprem essa missão a cada dia da semana durante o tempo que permanecem nessa região Amazônica tão peculiar e com características tão marcantes. Seja na vibração que ela traz aos combatentes que é igualmente proporcional às dificuldades encontradas no cumprimento das missões. E se as missões são muito bem cumpridas é fruto da determinação, da dedicação e do espírito de cumprimento da missão desses homens. Acompanhando as atividades do dia a dia do CMA de Pacaraima (RR), aqui na guarnição de Manaus ou em Tabatinga, nós renovamos a cada dia o orgulho de sermos brasileiros e pertencemos ao Exército e principalmente em servirmos a essa região neste Comando Militar de Área”, disse.

O comandante do Exército veio a Manaus logo após visitar a 22ª Brigada de Infantaria de Selva (22º BIS) no Amapá, a chamada “Brigada da Foz do Amazonas”. Ele participou ainda da formatura do Curso de Planejamento de Operações na Selva no Centro de Instrução de Guerra na Selva (CIGS) e hoje se deslocou para Boa Vista (RR), para acompanhar de perto as ações da Operação Acolhida, que recebe os venezuelanos que fogem da crise no país vizinho.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY