Com aglomerações cada vez maiores, Amazonas volta a registrar alta nos casos de Covid-19

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), por meio do Boletim Diário de Covid-19, edição de nº 263 traz o diagnóstico de 1.217 novos casos de Covid-19, totalizando 193.544 casos da doença no Estado. É um número relevante, que demonstra o quando a população relaxou em relação às medidas para combater a pandemia, principalmente a proibição das aglomerações.

Nesta edição, foram confirmados 17 óbitos por Covid-19, sendo três ocorridos no dia 21/12 e 14 óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 5.111 o total de mortes.

Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, nesta segunda-feira (21/12), foram registrados 13 sepultamentos por Covid-19. O boletim acrescenta ainda que 23.149 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 11,96% dos casos confirmados ativos.

Rede de Assistência

Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 555 pacientes internados, sendo 337 em leitos (88 na rede privada e 249 na rede pública), 209 em UTI (65 na rede privada e 144 na rede pública) e nove em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Há ainda outros 91 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 53 estão em leitos clínicos (44 na rede privada e nove na rede pública), 29 estão em UTI (22 na rede privada e sete na rede pública) e nove em sala vermelha.

Banco de dados

O boletim diário é construído com as informações disponibilizadas diariamente pelas prefeituras municipais, todos os dias da semana, incluindo fins de semana e feriados.

A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até às 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 235.717 casos, enquanto no interior do estado, o número chega a 253.156.

Ao todo nove municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Eirunepé; Itapiranga; Japurá; Juruá; Lábrea; Maués; São Pulo de Olivença; Pauini e Tapauá.

Municípios

Dos 193.544 casos confirmados no Amazonas até esta terça-feira (22/12), 77.824 são de Manaus (40,21%) e 115.720 do interior do estado (59,79%).

Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (8.241); Parintins (7.173); São Gabriel da Cachoeira (4.988); Tefé (4.842); Humaitá (4.541); Manacapuru (4.509); Presidente Figueiredo (3.734); Carauari (3.713); Lábrea (3.573); Iranduba (3.079); Barcelos (2.964); Itacoatiara (2.849); Eirunepé (2.698); Ipixuna (2.657); Santa Isabel do Rio Negro (2.356); Maués (2.264); Careiro (2.206); São Paulo de Olivença (2.109); Rio Preto da Eva (2.046); Tabatinga (2.031); Boca do Acre (1.989); Benjamin Constant (1.794); Manicoré (1.669); Autazes (1.620); Itapiranga (1.583); Atalaia do Norte (1.573); Pauini (1.513); Nova Olinda do Norte (1497); Barreirinha (1.461); Urucurituba (1.439); Alvarães (1.429); Santo Antônio do Içá (1.349); Tapauá (1.333); Anori (1.296); Fonte Boa (1.169); Anamã (1.143); Beruri (1.083); Maraã (1.078); Uarini (1.065); Amaturá (1.034); Novo Airão (1.025); Envira (1.000); Guajará ( 994); Nhamundá ( 967); Urucará ( 945); Borba ( 903); Novo Aripuanã ( 877); Silves ( 787); Canutama ( 786); São Sebastião do Uatumã ( 730); Tonantins ( 716); Manaquiri ( 700); Itamarati ( 608); Japurá ( 592); Boa Vista do Ramos ( 585); Juruá ( 577); Jutaí ( 576); Apuí ( 447); Careiro da Várzea ( 420); Codajás ( 408) e Caapiranga ( 387).

Óbitos

Entre pacientes em Manaus, há o registro de 3.258 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.853.
A lista inclui Manacapuru (171); Parintins (160); Coari (128); Tefé (105); Itacoatiara (95); Tabatinga (88); Humaitá (83); Iranduba (60); São Gabriel da Cachoeira (58); Maués (49); Benjamin Constant (46); Lábrea (44); Autazes (38); Presidente Figueiredo (37); Manicoré (36); Nova Olinda do Norte (29); Barcelos (28); Santo Antônio do Içá (28); Barreirinha (27); São Paulo de Olivença (27); Careiro (25); Rio Preto da Eva (24); Alvarães (23); Borba (23); Carauari (23); Manaquiri (23); Santa Isabel do Rio Negro (21); Tonantins (21); Fonte Boa (20); Boca do Acre (18); Anori (17); Jutaí (17); Guajará (16); Nhamundá (16); Urucará (15); Novo Aripuanã (14); Uarini (14); Beruri (12); Eirunepé (12); Ipixuna (12); Itapiranga (12); Novo Airão (12); Urucurituba (11); Amaturá (10); Codajás (10); Tapauá (10); Caapiranga (9); Juruá (8); São Sebastião do Uatumã (8); Boa Vista do Ramos (7); Itamarati (7); Maraã (7); Silves (7); Canutama (6); Careiro da Várzea (6); Pauini (6); Apuí (5); Atalaia do Norte (4); Envira (2); Japurá (2) e Anamã (1).

Alerta à população

O uso da máscara, manter a distância entre as pessoas, lavagens das mãos com água e sabão ou a utilização de álcool em gel, são recomendações consideradas fundamentais no controle da circulação do vírus da Covid-19, que continua presente no Estado.

A FVS-AM alerta que a flexibilização dos serviços e comércios não descredencia essas medidas que são essenciais para manter as atividades funcionando.

Referência

A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus.

Mais informações: Assessoria de Comunicação da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS): Maíra Pessoa Fragoso (3182-8523 e 98403-8627) e Girlene Medeiros (98103-6963).

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta