Campanha de vacinação contra a gripe é ampliada para outros dez grupos prioritários

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), amplia, a partir desta quarta-feira, 9/6, a Campanha de Vacinação contra Influenza (Gripe) para mais dez grupos prioritários: pessoas com comorbidades, pessoas com deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas.

Iniciada no dia 12 de abril, a campanha foi dividida em etapas este ano, com ampliação para novos grupos prioritários de acordo com o envio de doses da vacina pelo Ministério da Saúde ao município de Manaus, atendendo inicialmente idosos, crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), professores, trabalhadores da saúde e indígenas.

“Agora, a prefeitura passa a atender todos os 17 grupos prioritários para a vacinação contra a Influenza, definidos pelo Ministério da Saúde levando em consideração o maior nível de risco de adoecimento e de morte pela doença, assim como o maior risco de exposição ao vírus da Influenza, como é o caso dos trabalhadores da saúde e de outros profissionais que atuam em atividades essenciais”, disse o prefeito David Almeida.

A vacinação acontece em 171 salas de vacina no município de Manaus e a lista com o endereço de cada uma pode ser acessada no site da Semsa: https://semsa.manaus.am.gov.br.

Até o dia 2 de junho, dados da Semsa apontam que, entre os primeiros grupos atendidos na campanha contra Influenza, foram imunizadas 84.845 crianças, o que representa 43,03% da meta para esse grupo prioritário; assim como 37.586 idosos (20,29% da meta); 15.494 gestantes (54,45% da meta); e 3.674 puérperas (78,55% da meta).

“A procura pela vacina contra a Influenza ainda tem sido reduzida e por isso é necessário reforçar o alerta sobre a importância dessa campanha. A Prefeitura de Manaus vem executando duas campanhas de vacinação ao mesmo tempo, uma contra a Covid-19 e outra contra a Influenza. Para garantir o atendimento, a Semsa organizou os postos de vacina separadamente, observando todos os cuidados necessários no momento de pandemia”, afirma a secretária municipal de Saúde, Shádia Fraxe, lembrando que quem tomou uma das vacinas, contra a Covid-19 ou Influenza, deve aguardar um intervalo de 14 dias para receber a outra.

A campanha seguirá até o dia 9 de julho e a meta é imunizar um público estimado em 642.003 pessoas em Manaus.

Para receber o imunizante, é importante que o público-alvo apresente documento de identidade, o cartão de vacina e, se for o caso, o contracheque ou a carteira de trabalho que comprove o vínculo empregatício, ou no caso dos caminhoneiros, apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), categoria D ou E.

Entre os 171 locais de vacinação, a Semsa mantém dez unidades de Saúde com salas de vacina funcionando em horário ampliado, de segunda a sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 8h às 12h.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta