Amazonino seria o adversário de David numa eventual eleição indireta

Já circula nos bastidores o burburinho em torno de uma eventual eleição indireta – o Podemos (antigo PTN) pede isso ao Supremo Tribunal Federal. Dois nomes despontam como os favoritos para disputar os votos dos 24 deputados estaduais, se a Justiça decidir mudar a forma de escolha do novo governador: o do interino David Almeida (PSD) e o do ex-governador Amazonino Mendes (PDT).

O que se especula é que os deputados se dividiriam em três grupos, um apoiando David, outro fechado com Amazonino e um terceiro independente, formado por apenas dois parlamentares, para marcar posição – José Ricardo Weddling (PT) e Luiz Castro (Rede).

David teria sete votos garantidos e precisaria buscar mais cinco para garantir a vitória. Principal articulador da candidatura de Amazonino na eleição direta, o senador Omar Aziz (PSD) estaria disposto a repetir e dose em uma eventual indireta e contabilizaria os mesmos sete votos.

Os votos decisivos viriam de um grupo de seis deputados, formado por Belarmino Lins (PROS), Sabá Reis (PR), Cabo Maciel (PR), Augusto Ferraz (DEM), Carlos Alberto (PRB) e Alessandra Campelo (PMDB), com grande chance da maioria deles fechar com David Almeida.

A expectativa é enorme para saber se o STF vai mesmo mudar o formato da eleição.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta