A verdadeira barbárie

Por Daniel Melo*

O que se abateu sobre nós brasileiro nos últimos  anos ainda está por se revelar. Quando a caixa preta dos fundos de pensões for aberta; quando as falcatruas do ministério do trabalho vierem á tona; quando mas deleções forem expostas; então veremos que vivemos não um mar de lama, mas um oceano pantanoso de sujeiras.

Agora o que me impressiona é ver a corajosa cara de pau dos que insistem em defender os governos petistas. Aqui mesmo neste espaço, um ex deputado comunista verbalizou vários absurdos, classificando o novo governo de barbárie civilizatória. Ora, o partido do tal articulista se beneficiou de cargos; contribuiu para um governo corrupto; defende ditaduras sanguinárias; mas fala em barbárie, como se os que  eles  fizerem fosse algo moralmente grandioso.

É preciso retirar a máscara da hipocrisia marxista traduzida através de um intelectualismo retórico e oco. Nas palavras defendem o trabalhador; mas nas ações maquinam contra o pobre. Vivem vidas nababescas; adoram mordomias e viagens; locupletam-se das vantagens do poder, rindo em suas reuniões secretas dos que acreditam em suas falácias.

Falam mal da religião, mas a ela recorrem quando necessitam vencer nos seus projetos. Contudo, veneram o deus mamom, o deus da ganância; aquele que retira o leite da criança, a comida da mesa do trabalhador, o parco recurso do aposentado. São lobos vorazes travestidos de defensores do social. São socialistas para dividirem a miséria para os outros e capitalistas para enriquecerem suas contas bancárias.

Eles  estão desesperados. Dizem que o novo governo é ilegítimo; tentam sabotá-lo. Atacam a justiça; inventam conspirações e arrotam mentiras á rodo. Vivem o desespero dos que perdem o poder; vivem a ânsia dos que sabem que a verdadeira justiça ainda nem começou a ser feita!

Realmente. Vivemos novos tempos. O Brasil está saindo da verdadeira barbárie!

*O autor é pedagogo e pastor da Igreja de Deus Pentecostal do Brasil

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY