Vida, versos e frases

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Sabe aquela velha e famosa frase que atravessa séculos e continua atual, cunhada pelo pensador e ideólogo cubano José Martí?:“Plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro.Três coisas que cada pessoa deve fazer durante sua vida.”Pois é, vez em quando ela me povoa o pensamento e exatamente nessa ordem, tendo em vista as inúmeras árvores que plantei ou cultivei ainda no Projeto Frutíferas/UFAM no final da década de 1970 quando entrei na faculdade, coordenado pela saudosa Professora de Botânica Marta Falcão. Depois, vieram os filhos, amados filhos, Thalita e Thales.

O desafio agora, na lata!, foi do meu mano Hiel Levy, quando da publicação do meu artigo de número 250 semanas atrás. E né que a pretensão (ponha pretensão nisso!) de escrever um livro se assomou de mim incentivado pelo Editor deste Blog! Vai que cola!
Nessa esteira, eu que já havia escrito umas letras de músicas cristãs e até concorrido em festivais do gênero no início dos anos de 1970, aproveito minha limitada veia poética para, ao completar mais um ano de vida, escrevinhar uns despretensiosos versinhos agradecendo, meditando, e dedicando a Deus mais um ano de vida completado no dia 21 de junho.
Todas as graças a Deus, toda gratidão, toda honra e toda glória ao Criador pelo dom e pelos anos de vida que alcancei e até pelos percalços, pelas doenças, pelos dissabores e vicissitudes experimentados que me educaram e me forjaram como pessoa, amigo, filho, pai, irmão, marido, avô e servidor.
Todos os que conhecem um pouco da minha vida sabem que quando elevo as mãos pro céu ou me ajoelho em oração é porque devo sempre estar agradecendo à eterna generosidade Divina para comigo pois me permitiu chegar até aqui para louvá-lo e bendizer o seu santo nome.
Daqui pra frente mais passado do que futuro; daqui em diante tudo é dividendo. Sigo em frente na certeza do que me aguarda e sempre grato pelos anos alcançados. Amém!
                     XXX
Faz o melhor sê generoso e do bem;
a gratidão é recompensa que vem.
Viva como um espartano e
aja sempre como o bom samaritano.
Vai que o tempo nos trai;
vai que a alma se vai.
Vem que o tempo reluz,
pois que a vida se encerra em luz.
Nada se encerra no nada;
nem tudo com o tempo se acaba.
Na espera da ansiosa chegada,
no céu se encontra a morada.
Nasci de um sopro de amor;
cresci aprendendo com cada dor.
Sigo vivendo entre os meus
sustentando-me com eles em Deus
O amanhã vem depois do presente;
quem define é o Onipotente.
Não avexes o caminhar provável;
somente o Espírito é inexorável.
Se te falta confiança e fé,
saco vazio não se põe em pé!
Seja forte como um cipreste;
nosso fim é na morada celeste.
                     XXX
Nada melhor do que encerrar esse rimado artigo de hoje repetindo uma das frases mais emblemáticas sobre vida depois da vida do escritor e articulista Carlos Heitor Cony:”Viver não é mortal; a morte é que é vital.”
Té logo!

Qual Sua Opinião? Comente: