Vereadores de Rio Preto preparam golpe contra prefeito interino e espalham terror na cidade

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

chico linha

Dez dos onze vereadores de Rio Preto da Eva se uniram para tomar o poder no município. Como não vislumbram uma chance de devolver o comando da prefeitura ao prefeito afastado Luiz Ricardo Chagas, envolvido em diversas denúncias de improbidade administrativa, eles planejam afastar o prefeito interino, Ernani Sampaio, e colocar na cadeira o presidente da Câmara Municipal, Francisco Batista “Chico Linha” (foto acima). Enquanto isso não acontece, eles pressionam empresários locais, como ocorreu recentemente com o conhecido “Carlinhos do Som”.

Há alguns anos a Câmara Municipal de Rio Preto, em sua maioria, adota a tática de manter prefeito e empresários reféns de suas artimanhas, para auferir vantagens. Desta vez, entretanto, o objetivo é o poder total. À exceção do vereador Cabo Marcelo, que se mantém afastado das maracutaias, os demais querem assumir a prefeitura, posicionar outro vereador na Secretaria de Finanças e preparar terreno para que outro vença as eleições municipais e assuma de fato e de direito o posto de prefeito. Este seria o nissei Emídio Niró Kohashi, dono dos frigoríficos Frigo Um em Manaus.

Aliás, Niró é o grande mentor da manobra. Ele não esconde de ninguém que tem um plano bem definido. Auditor fiscal da Secretaria de Fazenda do Estado, quer colocar em pé sua candidatura a prefeito para, no mínimo, negociar a posse em um posto de comando da Sefaz em troca de uma desistência. O nissei, que surgiu como uma promessa na política de Rio Preto, revelou-se um oportunista de mão cheia. Usa o mandato apenas para atingir seus objetivos pessoais.

O comportamento da Câmara de Rio Preto – Cabo Marcelo à parte – é digno de um filme de terror. Os vereadores se comportam como “donos” da cidade, pressionando a qualquer um que queira se instalar no município para empreender. “Carlinhos do Som” é o alvo mais recente deles. Conhecido na cidade pelos negócios que já instalou, ele vem sendo pressionado pelos vereadores, que ameaçam boicotar e até embargar seu novo empreendimento – um loteamento – se ele não se acertar com eles.

Não por acaso o Ministério Público e a Polícia Federal estão olhando o comportamento deles com lupa e podem agir a qualquer momento.

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem um comentário

  1. jeff

    Uma tristeza ver o quanto o problema de Rio Preto da Eva só cresce a cada ano que se passa, na verdade a vergonha de escancarar os intereses pessoais, está fora de cogitação.
    Adentrar em um campo mais apurado da realidade politica encontrada aqui em Rio Preto da Eva, é ver como anda o próprio desenvolvimento sem o apoio nescessário para se construir uma cidade mais desenvolvida e alto sustentável, temos muito a explorar de forma responsável aqui, mas o que se ver é apenas cada um parlamentar lutando em favor de seus próprios beneficios.
    Ouço sempre nas sessões de quinta fera os próprios vereadores falarem que aquela casa só funciona sob pressão, o que cá pra nós é no mínimo vergonhoso, onde já se viu ser pressionado a fazer suas obrigações a que lhe atribui o cargo…
    Gostaria muito que nossa população fosse às sessões pra terem uma rápida idéia da espécie de parlamentares que representam nossa sociedade.

Deixe uma resposta