Tribunal de Justiça do AM bate recordes e cumpre todas as metas do Conselho Nacional de Justiça

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Mais uma vez o Tribunal de Justiça do Amazonas alcançou as metas fixadas pelo Conselho Nacional de Justiça, com recorde de produtividade do Núcleo de Assessoramento Jurídico Virtual, em 2020. O Núcleo tem o objetivo de prestar apoio às diversas unidades da Corte, em todo o território amazonense, e funciona com sede em Manaus, cobrindo todas as comarcas do interior.

Sob a direção do desembargador José Hamilton Saraiva dos Santos, é composto pelos juízes Cid da Veiga Soares Filho (coordenador), Ana Paula Braga Bussulo, Antônio Itamar Gonzaga, Nayara Antunes, Roger Luiz de Almeida, Roseane Veloso, tendo Sandro Rodrigues da Silva na coordenação administrativa. Esse grupo de magistrados e técnicos conseguiu proferir atos variados em 67 mil processos, dentre os quais, mais de 27 mil sentenças, meta considerável para a prestação jurisdicional, para o que contaram com o trabalho de mais de 120 profissionais de várias áreas de atuação.

Estes números significam praticamente o dobro daqueles alcançados em 2019, e atenderam a 136 unidades da justiça estadual, o que levou a que o Tribunal amazonense alcançasse cumprir os requisitos exigidos pelo CNJ em 100,43% na Meta 1 dos Juizados Especiais, e com incremento de 99,61% na Meta Geral do Tribunal.

Para este ano, o mesmo Núcleo está em fase de planejamento, visando ampliar os serviços e fixar novas metas de trabalho e de apoio às mais variadas unidades jurisdicionais.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta