Sargento mata colega dentro do quartel e Polícia trabalha com a hipótese de crime passional

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A Polícia Militar trabalha com a hipótese de que o sargento Mario Sérgio Freitas tenha matado a colega de farda e patente Alcicleide Conceição Costa de Freitas, hoje, dentro do quartel da 10ª Companhia Comunitária de Polícia, no bairro Alvorada, zona Oeste de Manaus, por motivos passionais. Os dois já vinham se desentendendo há algum tempo e ela chegou a registrar um boletim de ocorrência por ameaça contra ele.

O crime ocorreu no momento da passagem da guarda. A sargento foi morta com a arma que receberia do colega, que estava servindo de serviço. Ela recebeu três tiros à queima-roupa. Ainda foi conduzida ao Serviço de Pronto Atendimento do mesmo bairro, mas já chegou ao local sem vida.

O sargento assassino foi preso e conduzido ao quartel do comando da Polícia Militar.

O blog falou com pessoas próximas aos dois que informaram um desentendimento movido por ciúmes. Ambos teriam envolvimento com a mesma pessoa.

O caso está sendo apurado no Departamento de Disciplina da PM.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta