Recuperado pela comunidade, lago localizado em uma das maiores invasões de Manaus recebe pirarucus

Ex-deputado David Almeida participou da introdução de pirarucus no lago

Moradores do entorno do Lago do Parque São Pedro, bairro Tarumã, Zona Norte, receberam ontem a doação do primeiro cento de pirarucu para povoar o manancial com essa espécie de pescado. O lago que está 90% recuperado da poluição, por uma iniciativa comunitária, é considerado hoje o primeiro como ponto de pesca comunitária.

O lago, que foi tomado pela poluição logo depois da invasão da Carbrás, hoje é cuidado por comunitários do bairro e se mostra como exemplo de que é possível recuperar, por exemplo, lagos e igarapés na cidade e dar um destino sustentável a esses mananciais com a ajuda da população do entorno.

O ativista social e ambiental Manuel Ademar Pinheiro Brito, mais conhecido como “Mazinho da Carbrás”, é o responsável pelo atual cenário do lago. Ele começou um trabalho solitário há doze anos e nos últimos dois conseguiu um apoio maior da comunidade para limpar o manancial.

“Eu era chamado de louco porque me meti a tentar limpar o lago e fazia isso sozinho. Sem coleta de lixo na época que começou o bairro, todo resíduo descartado e água servida escorria do alto e vinha parar nele”, conta

De acordo com Mazinho, depois de muita luta e conscientização junto aos moradores das proximidades do lago, ele conseguiu o apoio de outros comunitários da área e o trabalho de coleta do lixo que tomava toda a extensão do lago foi ampliado.

“Nós conseguimos limpar toda a extensão do lago. Começamos com uma caixa de isopor que era usada como canoa para navegar no lago e depois ganhamos uma canoa de presente do meu amigo Sabá Reis (ex-deputado estadual). Hoje, nós continuamos a coleta do lixo que ainda vem parar no lago, mas contamos ainda com a força do filtro da planta aquática chamada mureru”, explica.

A doação do primeiro cento de pirarucu para a comunidade foi articulada pelo ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), David Almeida, que conheceu a iniciativa na semana passada e convidou o amigo empresário do ramo da pesca Orlando Cidade para fazer a primeira doação.

Orlando conta que conheceu o lago há mais de 30 anos, quando ele ainda servia de criadouro de peixe do antigo dono da região. Depois da invasão na área, ele chegou a ver o lago tomado pelo lixo. Mas, somente agora voltou e reviu o lago, desta vez saneado pela comunidade.

“É uma ótima iniciativa dos moradores a recuperação desse manancial. Como empresário do ramo de criação de peixes, vejo que, do jeito ele está hoje, esse lago é um lugar para criação de várias espécies de pescado”, avalia o empresário.

O ex-deputado e ex-governador interino David Almeida (PSB), que participou da introdução de pirarucus, diz que a iniciativa da comunidade é um exemplo de que é possível tornar outros lagos e igarapés de Manaus lugares limpos e sustentáveis. “Este lugar é bonito e pode futuramente se tornar um belo parque dentro da cidade. Uma fonte de alimento para a comunidade e um atrativo até mesmo para o turismo”, diz.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
2

LEAVE A REPLY