Para Dallas, “corujinhas” só servem para multar e não para educar os motoristas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

dallas na tribuna

O Deputado Estadual Wanderley Dallas (PMDB) afirmou hoje, em pronunciamento na Assembleia Legislativa, que os corujinhas, que a prefeitura de Manaus pretende recolocar nas ruas, “são verdadeiras indústrias de multa, que só servem como meio de arrecadação, bem diferente da sua principal função, que é educar o condutor”.

Dallas ainda destacou que, mesmo com as manobras realizadas pela Prefeitura para impedir a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, esta deve ser implementada, e que as irregularidades no procedimento licitatório cancelado após denúncias, devem ser investigadas.

“Devemos impedir mais um prejuízo aos cofres públicos!” Disse o deputado Wanderley Dallas, ao se referir ao contrato que a prefeitura possuía com a empresa Consladel, empresa responsável pelos antigos radares e que trouxe prejuízo de R$ 40 milhões à Prefeitura.

Dallas lembrou do Projeto de Lei no 567/2015, de iniciativa da Senadora Sandra Braga (PMDB), que visa obrigar os órgãos detentores da competência para aplicar e arrecadar as multas impostas por infrações de trânsito, que divulguem na internet a receita proveniente das multas, bem como a despesa executada com os recursos recolhidos e os valores contingenciados.

Para o Deputado, a iniciativa da Senadora Sandra Braga vai impedir que as multas de transito virem “um verdadeiro caça níquel” das empresas interessadas no serviço.

 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta