“Não combinaram comigo”, diz Clayton, sobre possível candidatura

O blog ouviu ainda há pouco o jornalista Clayton Pascarelli, sobre as especulações em torno de uma possível candidatura dele a prefeito de Manaus, em 2020. Ele foi curto e objetivo na resposta: “não combinaram comigo”, disse, em tom bem humorado.

As especulações surgem principalmente por causa do sucesso de Wilson Lima (PSC) na eleição para governador. Pascarelli é atualmente o apresentador do programa onde o novo mandatário do Estado se consagrou, o “Alô Amazonas” (TV A Crítica/Record).

O jornalista não confirma a intenção da Rede Calderaro de lançá-lo candidato e diz que poderia até pensar na possibilidade daqui a algum tempo, “quando me aposentar”.

Assim como Wilson, Pascarelli é querido pelos colegas de profissão, mas nunca cogitou entrar para a política. Ele sequer é filiado a algum partido.

O atual apresentador do “Alô Amazonas” já era famoso quando envolveu-se em um episódio polêmico no início de 2017. Naquela época, seu desligamento da TV Amazonas/Globo, aonde trabalhava há mais de uma década, foi atribuído a uma pressão do então governador José Melo (PROS), que não teria gostado de um comentário do apresentador durante edição do jornal “Bom Dia, Amazônia”. Após a exibição de uma reportagem sobre o massacre de presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, ele afirmou: “Neste Governo, nada mais me assusta”. Hoje, Pascarelli continua fazendo sucesso e o governante foi cassado e preso, agora em regime domiciliar.

Logo depois o jornalista foi contratado pela TV A Crítica e passou a apresentar o programa “Cidade Alerta Amazonas”. Em julho do ano passado, quando Wilson Lima se afastou para se dedicar à campanha eleitoral, Pascarelli assumiu a apresentação do “Alô Amazonas”.

Foto: Revista Em Visão

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY