Na volta das visitas, mulher tentar entrar no Compaj com maconha nas partes íntimas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Após cinco dias do retorno das visitas no sistema prisional do Amazonas, funcionários da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) flagraram, nesta terça-feira (30/03), uma visita tentando entrar com material ilícito no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado no Km 08 da BR-174 (Manaus-Boa Vista).

Durante passagem pelo bodyscan, equipamento de raio-X, foi observado um corpo estranho nas partes íntimas de uma mulher de 28 anos, que visitaria o marido na unidade. Ao ser indagada sobre a suspeita, a mulher assumiu a ilicitude e entregou 25 gramas, supostamente de maconha, dois papéis de LSD e um microcelular com chip ao agente de ressocialização.

O secretário titular da Seap, coronel Vinícius Almeida, alerta os familiares que o sistema de segurança das unidades prisionais está mais rigoroso.

“Fazemos um alerta aos familiares e amigos dos internos que não brinquem com o Estado. Nossa segurança está cada vez mais rigorosa, e só quem vai perder com essas atitudes é o próprio preso que vai ficar sem aquela visita. Pois quem é pego nesse tipo de atitude ilícita, fica proibido de visitar novamente”, ressalta Almeida.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta