Operação Eldorado apura atuação de quadrilha em Nova OIinda do Norte

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) deflagrou hoje pela manhã a Operação Eldorado, para cumprimento de oito mandados de busca e apreensão domiciliar e pessoal, expedidos pelo juiz Rafael Cró, com a finalidade de arrecadar provas e documentos que ajudarão no esclarecimento das investigações que apuram crimes de corrupção ativa e passiva, fraudes em licitação, lavagem de dinheiro e organização criminosa praticados por servidores públicos e empresários donos de empresas de fachada que atuaram no município de Nova Olinda do Norte, entre os anos de 2013 a 2016, na administração do prefeito Joseias Lopes (PT- foto acima).

São investigadas 14 pessoas físicas e cinco pessoas jurídicas, que apesar de terem sócios distintos, pertenciam ao mesmo empresário e juntas receberam R$ 11.109.492,46 (onze milhões, cento e nove mil, quatrocentos e noventa e dois mil reais e quarenta e seis centavos) no período da apuração. São analisados nesta investigação 21 processos de licitação e duas contratações diretas.

Foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão domiciliar e pessoal na cidade de Manaus, nas sedes das empresas e residências dos investigados. Promotores que combatem o crime organizado, apoiados por policiais civis, cumprem as ordens judiciais.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta