Médicos escravos

Por Daniel Melo*

Jair Bolsonaro está certo. O regime em que trabalhavam os médicos cubanos no Brasil era vergonhoso. Chancelado por uma tal organização Pan Americana de Saúde, estes profissionais só recebam 30% do que o Brasil repassava ao Governo da ilha; não podiam trazer seus familiares e eram vigados constantemente em suas palavras e ações.

Agora eu faço algumas inquirições. Onde estava a anistia internacional que nunca se manifestou diante de tal descalabro? Onde estava a OIT, Organização Internacional do Trabalho? Onde estavam os que combatem o trabalho escravo no mundo? Calados, pois a maioria de seus membros professam a ideologia marxista.

Sabe o que vai acontecer a partir de janeiro?  Muitos médicos Cubanos vão pedir asilo politico no Brasil. Devidamente reavaliados vão poder ter melhores salários e liberdade garantida por nossa constituição diferente dos Governos petistas, Bolsonaro está disposto a conceder guarida aos nossos irmãos. É um novo tempo nas relações exteriores; um tempo onde o viés ideológico não prevalecerá sobre a justiça!

Aproveito este espaço para dizer que Bolsonaro surpreende até os jornalistas que lhe fizeram oposição. Confesso também me surpreender. Temos um Presidente que aposta na meritocracia; capaz de voltar atrás em decisões sem perder autoridade; enfim: estamos em um caminho promissor. Vamos orar pelo Brasil.

*O autor é pedagogo e pastor da Igreja de Deus Pentecostal do Brasil

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY