Liberemos o perdão

O homem de dura cerviz não consegue compreender o perdão de Deus, e logo, ele também não consegue perdoar o seu próximo. Parece tão comum as pessoas dizerem: Ah! eu perdoo fulano mas não quero mais conversa com ele!”. Isso jamais é perdoar!! Será que alguém nessa condição consegue falar com Deus?
“Olhai por vós mesmos. E, se teu irmão pecar contra ti, repreende-o e, se ele se arrepender, perdoa-lhe. E, se pecar contra ti sete vezes no dia, e sete vezes no dia vier ter contigo, dizendo: Arrependo-me; perdoa-lhe”. Lucas 17:3,4

Meus amados não há um santo, não há um que não erre, e nem há quem não cometa pecado, porque só DEUS É SANTO. No entanto, o homem convertido deve lutar com todas as forças para não cair no pecado. Lembre-se: Deus te livra do pecado, mas não te salva no pecado!

O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará.” 1 Coríntios 13:4-8

Liberar perdão nos livra de doenças do corpo, da alma, e do espírito!

 

Qual Sua Opinião? Comente: