Jornalista e dirigente do PSDB, Coraci Fernandes é mais uma vítima da Covid-19

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Morreu hoje no hospital Delphina Aziz, onde estava internado, o jornalista Coraci Fernandes, aos 61 anos. Ele foi internado depois de apresentar os sintomas da Covid-19 e nos últimos dias teve uma piora no quadro clínico. Há pelo menos 30 anos atuava como dirigente do PSDB e era um dos tucanos mais ligados ao ex-prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB).

Assim como várias lideranças políticas do Amazonas, Coraci iniciou na política como militante do Partido Comunista do Brasil (PC do B) e aproximou-se de Arthur na campanha para a Prefeitura de Manaus em 1988. A amizade vingou e ele acabou migrando para o PSDB junto com outros camaradas, como George Tasso.

Coraci atuou em todas as campanhas de Arthur Neto. Era formado em Comunicação Social pela Universidade Federal do Amazonas.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta