Funcionária exemplar do Hemoam é vítima da Covid-19 e recebe homenagens

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Quem passou hoje pela Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas  (HEMOAM) pela manhã, viu uma homenagem dos funcionários, que se concentraram na entrada principal da avenida Constantino Nery portando balões brancos, para esperar a passagem do carro fúnebre que trazia o corpo da  diretora administrativo-financeira, Idenir de Araújo Rodrigues, de 66 anos, que faleceu hoje de madrugada, vítima da Covid-19, contra a qual lutava há 30 dias.

Ela tinha 44 anos de serviços públicos no Amazonas, 26 somente no Hemoam. Trabalhou ainda na mesma função no Instituto de Proteção Ambiental do Estado (IPAAM), Agência de Florestas e Secretaria de Estado da Saúde. O esposo, José Rodrigues, também era funcionário público da área de saúde e ficou conhecido como “Zé do SUS”, pela sua dedicação ao Sistema Único de Saúde.
Desde o início da pandemia,  cuidou de muitos funcionários, alertando, se preocupando e até mesmo protegendo, mas infelizmente se viu acometida pelo inimigo invisível (como ela o chamava), lutou bravamente por 30 dias, mas não resistiu.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta