“Extinta” na primeira reforma administrativa do governo, SNPH continua funcionando

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

desperdício

O governo do Estado está prestes a anunciar sua segundo reforma administrativa, que na realidade já até começou, com a demissão de funcionários comissionados. Curiosamente, um órgão que foi anunciado como extinto nas mudanças e cortes anunciados no primeiro semestre continua funcionando normalmente, mas não tem nenhuma utilidade. Trata-se da Sociedade Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias, a SNPH.

Nos corredores da autarquia, diz-se que a extinção não se confirmou a pedido do senador acriano Sérgio Petecão, responsável pela indicação do atual diretor presidente, Walfrido de Oliveira Neto. O político era líder do PSD no Senado, antes da ascensão de Omar Aziz ao posto.

Ocorre que a SNPH não tem mais nenhuma função desde a inauguração da ponte Rio Negro. Até então a autarquia administrava as balsas usadas na travessia Manaus-Cacau Pirêra. E tinha uma arrecadação decorrente do que era cobrado de pedestres e motoristas. Hoje nem mesmo esta fonte de arrecadação existe.

No site do governo a sobrevivência da SNPH é confirmada e há uma definição sobre seu papel: “A SNPH – Superintendência Estadual de Navegação, Portos e Hidrovias – é uma autarquia do Governo do Amazonas responsável pela administração de portos do interior do Estado. Também desenvolve serviço de travessia do Rio Negro, entre os municípios de Manaus e Iranduba”.

Desde 2010, entretanto, a administração dos portos públicos de Manaus e do interior passou para o Ministério dos Transportes, por meio da Companhia Docas do Maranhão, a Codomar.

O que existe hoje, portanto, é um órgão sem função, com cerca de 90 funcionários, sete deles comissionados e o restante estatutários. Eles passam o dia sem ter o que fazer, mas são obrigados (suprema ironia!) a registrar presença no ponto eletrônico.

Na primeira reforma, foram demitidos 18 comissionados da autarquia. Agora, nem se fala mais ela.

Em plena crise, um órgão obsoleto sobrevive, gerando despesa desnecessária para o Estado, aparentemente por mera conveniência política.

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem 2 comentários

  1. Maria da Penha!

    Acho que seu informante está equivocado…achonão, tenho certeza! A SNPH até o momento não foi extinta!!!!! Fora que há outros detalhes na sua informação que está equivocada.
    E outra, na SNPH tem muito serviço ainda a se fazer…não tem nenhum funcionário sem fazer nada não!

    1. Hiel levy

      O blog gostaria sinceramente de saber que serviço a SNPH ainda tem a fazer. E reitera que a extinção da autarquia foi anunciada na primeira reforma administrativa do Estado.

Deixe uma resposta