Empresário José Lopes tem prisão decretada e negocia para se entregar à Polícia Federal

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O empresário paulista José Lopes, considerado uma espécie de eminência parda em vários Governos do Amazonas, teve sua prisão decretada no âmbito da operação Ojuara, um desdobramento da operação Arquimedes, levada a efeito no mês passado, para combater uma máfia que promovia o desmatamento no Estado do Amazonas. Ele é um dos pecuaristas acusados de conluio com funcionários públicos, para desmatar áreas enormes de mata a fim de instalar ali fazendas de criação de gado.

Lopes tem uma das maiores fazendas da região e é o maior criador de gado do Amazonas. Seu nome já esteve envolvido ou especulado em várias outras operações relacionadas a crimes do colarinho branco, mas apenas agora ele foi efetivamente acusado, arrolado e teve a prisão decretada, numa investigação que não diz respeito aos cofres estaduais e sim a problemas relacionados ao desmatamento.

A Polícia Federal não conseguiu localizar Lopes hoje ao longo do dia e seus advogados entraram em contato com os delegados para negociar a apresentação dele, que pode ocorrer a qualquer momento.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta