Empresa contratada pela Seduc para manutenção de escolas vai fazer campanha de conscientização

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

carteiras quebradas

Em parceria  com a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a empresa Costa Rica Serviços Técnicos Ltda., contratada desde 2012 para garantir a manutenção de 100 escolas da pasta, realizará palestras voltadas a sensibilizar os estudantes para a importância de conservar os bens públicos e minimizar as ações de vandalismo nas unidades de ensino.

 Segundo dados da própria empresa, em quatro meses (de maio a agosto de setembro deste ano), as 100 escolas atendidas pela Costa Rica, receberam trocas de 800 lâmpadas; 665 reatores; 315 fechaduras; 381 torneiras inox e 308 disjuntores. A cada ano, a substituição desses materiais tem aumento em até 10%.

Proposta por representantes da empresa, o projeto surgiu após técnicos constatarem que a substituição de alguns materiais, como lâmpadas e torneiras, ocorria, em alguns casos, em menos de 24 horas. “Esse prejuízo vai para o bolso do cidadão, ou seja, para os próprios pais dos alunos. Então, queremos que os alunos entendam  que o que eles causam às escolas gera um prejuízo em cadeia, comprometendo, principalmente, os investimentos na educação”, disse  a engenheira da Costa Rica, Lúcia Cordeiro.

A atitude voluntária dos estudantes, segundo a engenheira, em prejudicar  esses equipamentos  também deixou os funcionários da empresa preocupados com o tipo de adulto que os alunos possam a virar  no futuro. “Sabemos que a Seduc também já orienta os alunos e tem projetos nessa área, mas queremos colaborar com a nossa iniciativa”, explicou a engenheira.

Lúcia informou, ainda, que a primeira palestra para conscientização dos alunos  começará pelo Instituto de Educação do Amazonas (IEA), no Centro de Manaus, no mês de outubro, com data a ser divulgada dentro da própria unidade de ensino aos alunos, familiares e professores.

A empresa

Há 18 anos, a Costa Rica Serviços Técnicos Ltda. tornou-se a maior empresa de manutenção predial da Região Norte. Atuando com empresas da iniciativa privada e com a administração pública municipal estadual e federal, o trabalho se estende pelos Estados do Amazonas, Acre, Roraima, Rondônia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

A manutenção predial preventiva é necessária e torna-se cada vez mais um item de primeira necessidade para o administrador zeloso. Instalações deterioradas, que oferecem risco aos trabalhadores, acabam obrigando a despesas inesperadas, imprevisíveis, muito maiores que se, periodicamente, passarem por manutenção.

A Costa Rica possui cerca de 520 colaboradores, 450 só em Manaus. Entre eles há 12 técnicos de nível superior, engenheiros Civil, Eletricistas, Mecânicos, Agrônomos, de Segurança do Trabalho, Químicos. Eles são os responsáveis técnicos nas atividades de manutenção. São os que atendem à demanda dos contratos firmados com as administrações pública e privada.

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem um comentário

Deixe uma resposta