Em Nova Olinda, dois candidatos aparecem com candidatura impugnada na urna

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) disponibilizou a partir de sexta-feira (13/11) os nomes atualizados dos candidatos aptos e sub judice para concorrerem às eleições deste domingo (15/11) e conquistares as tão sonhadas vagas – ou permanecerem nelas -nas câmaras de vereadores e prefeituras de Manaus e dos 61 municípios amazonenses.

No município de Nova Olinda do Norte (à 172 quilômetros da capital) há seis postulantes Elton Miranda (Avante); Joseias Lopes, (PSD); Maurício Maciel (PSDB); Neto Gledson (DC) e Professor William (PDT) concorrem com o atual prefeito da cidade, Adenilson Reis (MDB), que tenta pela quarta vez a reeleição.

De acordo com o site da Justiça Eleitoral, atualizado às 10h01 de sexta-feira, dia 13, os representantes do DC e do PSD tiveram suas candidaturas indeferidas e não terão os votos computados nas eleições de deste domingo. Na hora do eleitor votar, os nomes dos dois vão aparecer na urna eletrônica, mas na prática os votos não serão computados porque as situações deles estão sub judice no TRE.

No caso de Joseias Lopes, o ex-gestor do município foi condenado pelo crime de abuso de poder econômico/político pela Justiça Federal no dia 24 de janeiro de 2018. Ele também é alvo de Ação de Improbidade Administrativa no Ministério Público Federal (MPF) por suspeitas de desvios de verbas públicas destinadas à execução de objetivos do Programa Nacional de Transporte Escolar (Pnate).

A condenação do ex-prefeito, serviu de base para a juíza da 35ª Zona Eleitoral, Danielle Augusto Monteiro Fernandes, impugnar o registro de candidatura de Joseias, no dia 23 de outubro passado. O ex-gestor nega as acusações do MPF e disse que vai provar que prestou contas de todas as suas despesas naquela prefeitura.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta