Atirar pedras é fácil, difícil é recebe-las!

Verdade seja dita: julgar os outros é uma modalidade que nunca sai de moda para o imprudente que ao primeiro olhar julga e sentencia sem ouvir os dois lados, seja qual for a causa.
Numa das passagens mais interessantes sobre o julgamento prévio nas sagradas escrituras podemos observar no evangelho de João 8:1-11, quando uma mulher é pega em adultério. Os fariseus e doutores da lei tentam colocar Jesus na parede, tipo, e agora? O que vais dizer mestre?

Jesus permanece em silêncio, com os acusadores com pedras na mão prontas para atirar na mulher pecadora. Então o mestre diz que aquele que dentre eles não tivesse pecado fosse o primeiro a atirar pedra contra a mulher.

Todos foram embora sem dar mais uma só palavra!

“Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês.” Mateus 7:1-2

Só Deus pode nos julgar!

“Quem julga estar de pé tome cuidado para não cair” 1Cor 10-12.

Qual Sua Opinião? Comente: