Afeam divulga nota que dá a entender que há algo de errado com o Banco do Povo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

20150723173840evandor

A Agência de Fomento do Estado divulgou uma nota esta semana, dando a entender que alguém anda se apresentando como intermediário entre o governo e os microempreendedores interessados nas linhas de crédito oferecidas pelo Banco do Povo. Como não seu o “nome aos bois”, todo tipo de dedução anda tendo lugar, desde a ingerência de políticos ao crime de estelionato.

Leia a nota de veja como ela deixa as coisas no ar:

“A Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (AFEAM) esclarece que o acesso às suas linhas de financiamento, em especial o Programa de Microcrédito Banco do Povo, é realizado por meio de sua equipe técnica devidamente identificada, com uniforme e crachá.

Na capital, o atendimento se dá em sua sede, situada na Av. Constantino Nery, 5733 – Flores.

No interior do Estado, nos municípios de Itacoatiara, Manacapuru e Manicoré, o atendimento é realizado nos Postos da AFEAM, pelo seu corpo técnico. Nos demais municípios, o atendimento é realizado por meio de Ações itinerantes de Crédito, com o apoio técnico do IDAM, SEBRAE e CETAM, que são conveniados com a AFEAM.

A AFEAM adverte que o interessado não necessita de intermediários para ter acesso ao crédito. Outras informações por meio de nossos canais de comunicação: Site: www.afeam.am.gov.br e 0800-286-3066.”

Seria muito bom que a agência explicasse melhor essa situação.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta