Mamografia e raio-x da FCecon já estão funcionando

Já estão funcionando, na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), dois serviços importantes, que estavam parados e foram reativados pela nova administração: a mamografia e os exames de raio-x. 

Os dois serviços são considerados essenciais, no suporte ao diagnóstico do câncer e na cirurgia oncológica. Agora, conforme explicou o secretário estadual de Saúde, Francisco Deodato, os pacientes da FCecon serão tratados de forma integral na instituição, sem precisar de encaminhamento, pelo Sistema de Regulação (Sisreg), para realizar os exames em outra unidade.

A Fundação Cecon dispõe, atualmente, de um dos mais completos parques de imagem do Sistema Único de Saúde (SUS), na região Norte, na área de oncologia. A instituição conta com dois mamógrafos. O problema resolvido foi na digitalizadora que dá suporte à produção de imagens geradas durante o exame. A unidade também oferta exames através de dois tomógrafos computadorizados e dois aparelhos de raio-x – um deles de suporte cirúrgico e outro fixo (o que foi recuperado), e que é utilizado no atendimento aos pacientes.

Procedimentos – A mamografia integra o Serviço de Imagenologia e Apoio ao Diagnóstico da FCecon. Segundo a diretora-presidente da instituição, engenheira biomédica Ana Paula Lemes, o mamógrafo também é utilizado na unidade hospitalar para a realização de estereotaxias, procedimentos com duas modalidades distintas: uma para a realização de biópsias de mama e a outra, para a marcação cirúrgica, apontando a localização das lesões com potencial de malignidade.

As estereotaxias são consideradas cirurgias minimamente invasivas, feitas com o suporte de um sistema de imagens. Os fragmentos são encaminhados à análise patológica, para posterior escolha da conduta médica a ser adotada, conforme o tipo de neoplasia maligna e o estadiamento. “Com o retorno do serviço, conseguiremos suprir aqui mesmo as necessidades das pacientes com suspeita ou em acompanhamento na instituição. Nossa oferta de exame chega a 300/mês”, destacou Ana Paula.

A gerente do Serviço de Imagenologia da FCecon, médica radiologista Sabrina Bianco, destaca que o aparelho de raio-x, que também foi reativado, gera uma oferta mensal de 1,2 mil exames, aproximadamente.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY