Wilson Lima e David Almeida dão sinais de aliança para 2022, com pacotaço de R$ 580 milhões

Wilson lima com David Almeida
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

“Esse gesto de estender a mão para Manaus é o maior presente que a cidade recebe. Estou diante do governador Wilson Lima (PSC) neste dia especial, assinando o protocolo que indica que viveremos dias melhores e isso só será possível trabalhando em conjunto”. O discurso do prefeito David Almeida (Avante), durante a reinauguração do Parque Rio Negro, no bairro São Raimundo, zona Oeste, foi o gesto mais emblemático até aqui das movimentações para as eleições de 2022. Os dois anunciaram um grande pacote de obras e serviços, avaliado em R$ 580 milhões, que deve começar a ser executado de imediato.

“Manaus merece este presente. É o maior investimento de todos os tempos e isso só é possível graças ao trabalho em conjunto que tem um único objetivo, melhorar mais ainda a vida de quem mora na capital”, disse Wilson Lima, mostrando discurso afinado com o parceiro. 

David e Wilson escolheram uma data emblemática para anunciar a parceria: o aniversário de 352 anos de Manaus. Eles vão desenvolver em conjunto 11 projetos em parceria com a Prefeitura de Manaus com investimentos de R$ 580 milhões nas áreas de infraestrutura, mobilidade urbana, turismo, meio ambiente e desenvolvimento econômico. Para execução desse pacote, assinaram protocolo de intenções.

A cooperação entre Estado e Município irá garantir, entre outros benefícios, a gratuidade da tarifa do transporte coletivo para os alunos da rede pública. A medida será possível porque o Governo do Amazonas vai contribuir com o custeio do subsídio do sistema de transporte público da capital.

“Vejam o tamanho do gesto que faz o governador Wilson Lima, mesmo diante dessas dificuldades. Manaus está sendo bem cuidada, entendam o que nós temos para o futuro será bem melhor. O melhor para essa cidade ainda está por vir e esse acordo, esse convênio, esse protocolo que assinamos hoje, ele diz isso, ele delimita o caminho, ele indica a direção de que Manaus vai andar e vai viver em dias melhores”, disse o prefeito David Almeida.

Infraestrutura e mobilidade

A cooperação prevê investimentos em infraestrutura e mobilidade que, além de melhorias para a capital, vai gerar mais empregos. Os projetos contemplam o recapeamento e pavimentação das vias urbanas, obras para conter os efeitos das chuvas em áreas onde há riscos de deslizamentos, além de obras de reforma, ampliação e construção de feiras e mercados. Entre os projetos está a construção da nova Manaus Moderna.

Na área da mobilidade, a cooperação entre Governo do Amazonas e Prefeitura inclui a construção de um viaduto na área da Bola do Produtor, na zona leste de Manaus. Abrange, ainda, a construção do novo Terminal de Ônibus 6, na zona norte, em substituição ao atual T6, onde serão realizados estudos para implantação da nova Rodoviária de Manaus.

Fazem parte das ações de mobilidade, também, a reforma do calçadão e construção de ciclovia e da Arena de Robótica do Polo Industrial de Manaus (PIM).

Ônibus elétricos e turismo

Com a cooperação, o Governo do Estado vai viabilizar a aquisição de 20 ônibus elétricos, que contribuíram ambientalmente devido à baixa emissão de carbono na atmosfera. Os usuários do transporte coletivo terão mais conforto com ônibus elétricos, sem ruído, sem fumaça e com ar condicionado.

O custo de manutenção de ônibus elétrico equivale a 1/3 dos ônibus a diesel e a depreciação dos veículos faz parte do cálculo da tarifa. Ou seja, por conta do custo da manutenção ser menor, isso pode resultar na desoneração da tarifa e uma redução gradativa dos subsídios destinados ao sistema.

Para fomentar o turismo, as ações do Governo do Estado e parceria com a Prefeitura de Manaus incluem a construção do Parque Ponta Branca, na zona leste da capital, de onde será possível contemplar o encontro entre os rios Negro e Solimões.

INTERVENÇÕES PREVISTAS NO PROTOCOLO DE INTENÇÕES

1 – Recapeamento e pavimentação das vias urbanas de Manaus (R$ 150 milhões);

2 – Realização de obras de contenção de encostas, taludes e erosões, minimizando os efeitos das chuvas e os riscos de deslizamentos (R$ 5 milhões);

3 – Reforma, ampliação e construção de feiras e mercados, ampliando o acesso seguro e com qualidade aos produtos da agricultura familiar, gerando empregos e distribuindo renda (R$ 25 milhões);

4 – Construção do viaduto da Bola do Produtor (R$ 100 milhões)

5 – Construção da nova feira e mercado da Manaus Moderna, incluindo a urbanização do entorno (R$ 70 milhões );

6 – Construção do novo Terminal de ônibus da zona norte, em substituição ao T6 (R$ 20 milhões);

7 – Estudos para a implantação da nova Rodoviária de Manaus no Terminal T6 (R$ 5 milhões);

8 – Reforma do calçadão, construção de ciclovia e da Arena de Robótica do Polo Industrial de Manaus (R$ 35 milhões);

9 – Execução do projeto do Parque Ponta Branca Encontro das Águas (R$ 50 milhões);

10 – Substituição gradual da frota de ônibus movidos à diesel por tecnologias mais limpas e sustentáveis (R$ 35 milhões); e

11 – Participação do Governo do Estado do Amazonas no custeio do subsídio do sistema de transporte público de Manaus de modo a manter a tarifa em patamar inclusivo e oferecer gratuidades (R$ 85 milhões).

 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta