Wilson defende medidas tomadas até aqui e anuncia ampliação no Platão Araújo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O governador Wilson Lima (PSC) anunciou, nesta segunda-feira (08/02), em pronunciamento nas redes sociais oficiais do Governo do Estado, a abertura de 23 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital Platão Araújo, na zona leste de Manaus, para atendimento de pacientes com Covid-19. Estão em processo de abertura na unidade cinco salas vermelhas, voltadas à assistência temporária para estabilização de pacientes graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Com o Plano de Contingência para o Recrudescimento da Covid-19, o Governo do Amazonas aumentou a capacidade da rede estadual de saúde, saindo, em outubro, de 457 leitos exclusivos para Covid-19, para 1.400.

“Nós fizemos uma reforma no Hospital Platão Araújo, e hoje estamos abrindo 23 leitos de UTI e também estamos abrindo nos próximos dias mais cinco leitos na sala vermelha, que são aquelas unidades de cuidados intermediários. Só nas últimas duas semanas, fizemos a abertura de 160 leitos, e de outubro até hoje, saímos de 400 leitos para 1.400, ou seja, 1.000 leitos a mais no estado do Amazonas. Isso tem um impacto significativo na fila de espera, pois já conseguimos diminuir”, explicou o governador Wilson Lima.

No último dia 5 de fevereiro, o Governo do Amazonas ampliou a capacidade de atendimento do Hospital Nilton Lins, na zona centro-sul de Manaus. A unidade de campanha passou a operar com 103 leitos, sendo 81 clínicos e 22 de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O governador também destacou que estão em operação 22 miniusinas de produção de oxigênio, de um total de 69 que devem entrar em funcionamento no estado.

“Conseguimos montar 22 miniusinas de produção de oxigênio e, principalmente no interior, elas estão garantindo uma produção de algo em torno de 10 mil metros cúbicos, ao dia. Há uma outra usina que está sendo implantada no Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, isso aí também vai nos ajudar muito. Nossa meta é instalar 69 miniusinas, tanto na capital quanto no interior, para garantir a autossuficiência no abastecimento de oxigênio em algumas unidades”.

Vacinação e oxigênio

 O governador Wilson Lima fez um balanço dos atuais esforços para garantir a imunização e o abastecimento de oxigênio nas unidades de saúde. No último sábado (06/02), chegou um tanque criogênico da empresa White Martins, carregado com aproximadamente 90 mil metros cúbicos de oxigênio medicinal (O2). O tanque saiu do porto de Santos (SP) em um navio da Marinha.

Nesse domingo (07/02), o Amazonas recebeu mais um lote de vacinas, com 96.200 doses, que serão suficientes para vacinar todos os profissionais da área de saúde da capital e do interior, das redes pública e privada e também os idosos acima de 70 anos de idade.

“O estado do Amazonas está entre os que mais vacinam no Brasil, proporcionalmente, é o segundo que mais tem vacinado. E aí eu faço um apelo às prefeituras do Amazonas para que continuem fazendo intensamente esse trabalho de vacinação, o chamamento daquelas pessoas que fazem parte desse grupo prioritário”, enfatizou o governador Wilson Lima.

Auxílio Estadual

O governador Wilson Lima ainda pontuou sobre o andamento das entregas do Auxílio Estadual, que prossegue na capital e na região metropolitana. As entregas iniciaram na Calha do Juruá, nos municípios de Carauari, Ipixuna, Eirunepé, Envira, Guajará e Juruá.

O auxílio vai beneficiar 100 mil famílias em situação de extrema pobreza no Amazonas. O valor é de R$ 600,00 e será pago em três parcelas, de R$ 200,00 cada.

FOTO: Diego Peres

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta