Violência não é normal

O assassinato do congolês, ocorrido no Rio de Janeiro, mostra um pouco da violência que está em nossa sociedade. Há um aumento constante da criminalidade, da violência policial e das mortes no Brasil, principalmente no Amazonas. Parece que a violência está sendo banalizada. Temos também uma história de desigualdade e de racismo, que está muito presente na vida da população e parte desse processo da violência atinge mais os pobres e os negros. Não podemos ficar calados diante desses acontecimentos de violência. O Partido dos Trabalhadores está cobrando da Justiça a apuração do caso Moïse.

Mas o certo é que temos que lutar por Justiça, não aceitar as desigualdades e propor Projetos que tragam vida para os jovens, como: Mais Escolas, Educação, Saúde, Esporte, Lazer, Cultura e muitos outros direitos que estão sendo negados a boa parte da população. Portanto, o povo do Rio de Janeiro e muitas entidades no país estão se manifestando e cobrando as autoridades para que esse e outros casos de violência sejam elucidados, uma vez que tantos acabam ficando no esquecimento ou sendo normalizados.

Não podemos aceitar essa violência presente na sociedade como algo normal.

Qual Sua Opinião? Comente: